Nalberto Vedovotto é coach, jornalista e escritor em Birigui

Ser iluminado em busca de paz!

Vivemos perigosamente tempos difíceis na história do Brasil. Quando a esquerda estava no poder, os ditos de direita se borravam todos de medo que o País se transformasse numa Cuba, Venezuela...
 
Hoje, o jogo virou, os de esquerda estão sentindo na pele o ódio que exalavam e, quaisquer fatos — tomemos o exemplo da vereadora morta do Rio de Janeiro —, é motivo para a exacerbação do ódio e divulgação de mentiras pelas mídias sociais, haja vista as declarações equivocadas de um deputado estadual e uma desembargadora.
 
Ainda bem que existem oásis de equilíbrio no meio de tanta intolerância. Hoje, tenho a honra de escrever sobre um cidadão biriguiense, que desde as décadas de 1960, 1970 e 1980 do século passado faz da sua vida um apostolado pela paz mundial!
 
Refiro-me a Vandir Natal Casagrande, que iniciou sua vida profissional como escrivão de polícia (durante oito anos) na Delegacia de Polícia de Birigui. Posteriormente foi delegado e, finalmente, promotor durante 15 anos, nas cidades de Araçatuba, Capão Bonito, Jacareí, Mauá, São Caetano do Sul, Sorocaba e São Paulo (capital), onde aposentou-se.
 
Amante das letras, na juventude deu apoio para que fosse criado e editado pela Folha da Região, aqui em nossa cidade, o “Diário de Birigui”, primeiro órgão de comunicação diário. Infelizmente, a publicação durou só 120 dias e todas as edições encontram-se encadernadas na Biblioteca Pública.
 
Por acreditar que a mudança do calendário Gregoriano para o Calendário de 13 luas de 28 dias, conhecido como o Sincronário da Paz, contribui para a paz global, permaneceu à frente da Rede de Arte Planetária do Brasil por mais de dez anos, editando o calendário, e liderou um movimento mundial para a substituição.
 
Percorreu todo o País e falou com centenas de prefeitos, vereadores, deputados, senadores, ministros, e autoridades do Judiciário e religiosas. O trabalho culminou com sua ida ao Vaticano para pedir apoio ao papa. O pontífice não o recebeu, mas foi designado o cardeal brasileiro dom Geraldo Majella, que o recepcionou em seu gabinete no Vaticano.
 
Depois disso, Vandir passou uma semana dentro de um frigorífico e viu com seus próprios olhos, as barbaridades cometidas contra os animais, que são assassinados de forma brutal, com derramamento insensível e absurdo do sangue inocente dessas criaturas indefesas.
 
Foi então que decidiu dedicar-se à causa deles e lançou a “Campanha Nacional em Favor dos Animais”, que tem como carro-chefe o DVD “Paz e Amor aos Animais”.
 
O DVD é distribuído gratuitamente e a meta da campanha é colocar um DVD nas mãos de um milhão de pessoas em todo o Brasil. Pouco mais de 10% desta meta já foi alcançada, uma vez que 125 mil unidades já foram entregues.
 
Vandir Natal Casagrande é uma pessoa iluminada. Para quem entende de aura humana, é só chegar perto dele para perceber um círculo de proporções que o diferencia da maioria dos seres. Para fechar esse artigo e agradecer a Deus a existência desse ente especial, utilizo algumas frases, que o próprio Vandir gosta de utilizar em seus trabalhos.
 
Se os matadouros tivessem paredes de vidro, todos seríamos vegetarianos” (Paul McCartney, ex-Beatles). “Nós devemos ser a mudança que queremos ver no mundo” (Mahatma Gandhi, líder pacifista).
LINK CURTO: http://folha.fr/1.396129

Curta nossa fanpage e receba notícias pelo Facebook