Denúncia foi feita pela promotora de Justiça Maria Cristiana Lenotti Neira

Segundo MP, jovem esfaqueou companheira enquanto ela amamentava

Mulher foi atacada quando amamentava o filho de 1 ano

O Ministério Público de Guararapes denunciou por feminicídio o jovem de 19 anos, preso em 18 de março, acusado de esfaquear a companheira dele, uma mulher de 22 anos. É o terceiro caso no município desde março de 2015, quando foi alterada a legislação penal, que a Promotoria de Justiça da comarca pede a condenação por esse tipo de crime, que prevê pena de até 30 anos de cadeia.

No caso ocorrido no mês passado, a vítima foi internada na Santa Casa de Araçatuba e segundo a assessoria de imprensa do hospital, foram constatados em torno de 20 ferimentos pelo corpo, incluindo cortes na cabeça e pescoço, além de ela ter um dos pulmões atingido pelos golpes.

Um agravante, segundo a denúncia feita pela promotora de Justiça Maria Cristiana Lenotti Neira, é de que a mulher foi atacada quando amamentava o filho de 1 ano, o que pode aumentar a pena até 50%.