Caixas foram desmontadas; foram apreendidos quatro alto-falantes e duas cornetas escondidos em uma laje

Publicitário é preso por furtar caixas de som avaliadas em R$ 5 mil na casa de DJ

Um publicitário de 27 anos, que tem contrato com a Prefeitura de Castilho (a 126 km de Araçatuba) para realização de propaganda volante e som para eventos, foi preso pela Polícia Militar na noite de terça-feira (7), acusado de furtar caixas de som na casa de um DJ. O crime ocorreu na madrugada de domingo (5). A vítima havia viajado com a família. 

Segundo a polícia, o publicitário teria pulado o muro da residência e levado duas caixas de som, avaliadas em quase R$ 5 mil. Imagens de uma câmera de segurança da residência mostram uma picape Fiat Strada, de cor preta, passando pelo local. Em seguida, estaciona de ré. O acusado deixa o veículo, pula o muro, retorna com as duas caixas e vai embora. 

O publicitário foi preso em um assentamento de Castilho. Em busca domiciliar, os PMs encontraram as caixas, já desmontadas. Foram apreendidos quatro alto-falantes e duas cornetas que estavam escondidos na laje. A picape usada no furto também foi localizada.

FESTA
O publicitário confessou o furto. Ele alegou que estava realizando uma festa particular naquele dia e levou as caixas para o local. 

O DJ já havia trabalhado com o acusado. "É de entristecer chegar a este ponto", lamentou a vítima. "Podemos ser concorrentes, mas sempre mantive respeito. Na última licitação da Prefeitura, em que concorri, ele venceu. Não precisava disso. A confiança acabou", relatou.

LIBERADO
O publicitário disse à reportagem que pretendia devolver as caixas. Ele alega que foram desmontadas porque acabaram danificadas após uma queda.

O caso foi apresentado na Polícia Civil, que registrou o furto. Os objetos apreendidos seriam devolvidos à vítima. 

O publicitário vai responder a inquérito em liberdade. Seu pai, na saída da delegacia, afirmou que se comprometeu a ressarcir a vítima e pediu desculpas.

A reportagem tentou contato com a assessoria da Prefeitura para saber se pretende manter o contrato com o publicitário e comentar o caso, mas não houve retorno.

LINK CURTO: http://folha.fr/1.372411

Curta nossa fanpage e receba notícias pelo Facebook