Secretaria explicou que CPP não tem muralhas nem segurança armada, sendo cercada por alambrados

Presos pulam alambrado e fogem do CPP de Valparaíso

Reeducandos estavam em regime semiaberto

Dois reeducandos do regime semiaberto do CPP (Centro de Progressão Penitenciária) de Valparaíso (a 44 km de Araçatuba) fugiram na manhã desta terça-feira (2). De acordo com SAP (Secretaria da Administração Penitenciária), eles pularam o alambrado no fundo da unidade. 

O caso ocorreu às 5h55. "Os agentes imediatamente acionaram a Polícia Militar e realizaram busca nas áreas próximas ao CPP. Até o momento nenhum dos sentenciados foi recapturado", informou a secretaria. 

Um deles, de 34 anos, foi condenado a 13 anos e 8 meses de prisão. Ele cumpria pena por roubo e tráfico de drogas. Já o outro detento foi condenado a 9 anos por tráfico. A dupla teria pulado o alambrado, fugindo por um canavial.

SEM SEGURANÇA ARMADA
"Ressalvamos que o CPP é uma unidade de regime semiaberto, e conforme determina a legislação brasileira, não dispõe de muralhas nem segurança armada, sendo cercada por alambrados. A permanência do preso nesse regime se dá mais pelo senso de autodisciplina do que a mecanismos de contenção", destaca a SAP. "Os presos que cumprem a pena em regime semiaberto podem obter permissão para trabalhar e estudar fora da unidade penal e pela Lei de Execução Penal poderão visitar os familiares em cinco ocasiões do ano."  

Ainda de acordo com a secretaria, quando recapturados, os presos perderão o direito ao regime semiaberto, regredindo ao fechado. 

LINK CURTO: http://folha.fr/1.381941

Curta nossa fanpage e receba notícias pelo Facebook