Preso morto em cela teve artérias das pernas rompidas

Agredido por companheiros

O sentenciado Cesar Henrique da Silva Ferreira, 31 anos, que morreu na manhã de quinta-feira (19) na Santa Casa de Araçatuba, teve as artérias das duas pernas rompidas. Ele cumpria pena por roubo na penitenciária de Valparaíso e foi agredido por companheiros de cela no último dia 16.

Segundo a SAP (Secretaria da Administração Penitenciária), naquela data, após a liberação dos presos para o pátio onde tomam o banho de sol, alguns sentenciados o trouxeram ao acesso do pavilhão habitacional com as duas pernas ensanguentadas e visivelmente fraturadas.

"Imediatamente o sentenciado foi encaminhado ao setor de enfermaria, e posteriormente, à Santa Casa local, sendo então levado para a Santa Casa de Araçatuba, onde passou por cirurgia", informa a Secretaria.

A pasta informa que o quadro clínico do paciente era considerado grave pela equipe médica, pois ele teve as artérias de ambas as pernas rompidas, o que provocou a morte. Segundo a SAP, a família da vítima foi comunicada pela equipe social da penitenciária e o corpo encaminhado ao IML para exame necroscópico.

De acordo com a Secretaria, a polícia foi informada e os presos que dividiam a cela com Ferreira foram encaminhados para o Pavilhão Disciplinar. Eles serão removidos para a Penitenciária I de Presidente Venceslau para não interferir nas investigações.

"Observamos ainda que serão instaurados procedimentos de apuração preliminar e disciplinar para devida elucidação dos fatos e a Secretaria vai solicitar a internação dos homicidas no regime disciplinar diferenciado", conclui a nota da assessoria de imprensa da SAP.

LINK CURTO: http://folha.fr/1.400658

Curta nossa fanpage e receba notícias pelo Facebook