Maiara não teria concordado com fim de relacionamento, segundo o namorado

Polícia investiga morte de mulher que caiu de carro em movimento

Vítima sofreu ferimentos na cabeça e nas costas

A Polícia Civil de Bataguassu (MS), município a 295 quilômetros de Araçatuba, vai instaurar inquérito para investigar a morte de Maiara Cristina Martins da Silva, 31 anos. Ela, que é de Bilac, estava trabalhando no estado sul-mato-grossense e morreu no hospital da cidade, após ser levada pelo suposto namorado. Ele disse que a vítima pulou do carro em movimento.

Policiais foram comunicados do caso pelo hospital, após a paciente dar entrada na unidade com ferimentos graves. No local, eles foram informados que a mulher tinha sido levada por um operador de máquinas de 37 anos, que seria o namorado dela.

O homem contou que seguia com uma picape Fiat Strada com placas de Mirante do Paranapanema (SP) pela rodovia MS-395, pouco depois da 1h da madrugada de quarta-feira (31). De acordo com ele, durante o trajeto eles discutiram e, após dizer que queria terminar o relacionamento, Maiara não concordou, abriu a porta do carro e pulou do veículo em movimento.

Ela apresentava ferimentos na cabeça e nas costas e foi internada para atendimento médico. O operador de máquinas foi levado ao plantão policial pela Polícia Militar e prestou depoimento.

PROCEDIMENTOS
A reportagem não conseguiu contato com o delegado responsável pela investigação para informar quais procedimentos serão adotados.

A vítima permaneceu internada e a morte foi confirmada na madrugada desta quinta-feira (1º). Segundo a Funerária São Judas Tadeu, de Bilac, às 15h o corpo permanecia em Três Lagoas (MS) e a previsão era de que chegaria na cidade para o velório por volta das 18h. 

O enterro será na sexta-feira (2), no cemitério local, em horário a ser definido.

LINK CURTO: http://folha.fr/1.387062

Curta nossa fanpage e receba notícias pelo Facebook