O autor estava dormindo dentro de um milharal existente na sua propriedade

Polícia captura acusado de assassinar funileiro

Um produtor rural de 21 anos foi preso na tarde desta quarta-feira (15) acusado de matar o funileiro Carlos Henrique Batista Mario, 36 anos, com golpe de faca. O crime foi na segunda-feira (7) passada, no bairro Laranjeiras, em Castilho. A prisão foi realizada numa ação da Policial Civil no assentamento Primavera.

 Leia também:
Homem é assassinado a facada após briga de bar; autor foge 


O autor estava dormindo dentro de um milharal existente na sua propriedade. A equipe da PC
ficou durante a madrugada observando-o e conseguiu capturá-lo às 17h. Ele seria levado a cadeia de Pereira Barreto

Segundo o acusado, Mario foi irônico e o desrespeitou. Assim, ele alega legitima defesa. O mandado de prisão temporária foi decretado pelo juiz da 3º Vara de Andradina. O crime foi esclarecido após ouvir cinco testemunhas. Tanto o funileiro como o trabalhador rural estariam embriagados.

A discussão começou em um bar onde estava a vítima. O acusado procurava a ex-companheira e teria sido arrogante, segundo o produtor. Mario, então, o enganou, informando errado o endereço de outro bar onde a mulher estaria. Ao descobrir o engano, o rapaz foi tirar satisfações e eles iniciaram uma discussão.

COMPANHEIRA
O autor saiu do local e conseguiu encontrar a ex-companheira na rua Duque de Caxias, próximo ao local do crime. Ela estava acompanhada de um irmão. Mario saiu do bar e reencontrou o rapaz no caminho de casa. Ambos voltaram a discutir na rua. O acusado, então, o golpeou no tórax com uma faca de serra. Ambos foram separados pela mulher e o irmão.

Mario saiu caminhando em direção à sua casa, a 150 metros do local. Como estava sangrando, pediu ajuda a um vizinho e caiu no cruzamento. A prisão temporária é de cinco dias, mas vai ser alterada para preventiva, pois, segundo a polícia, há elementos para mantê-lo preso e fechar o caso. (Colaborou Roni Willer)

Últimas de Região