Médico é preso acusado de agredir mulher com garrafa

Um médico de 40 anos foi preso pela Polícia Militar, na madrugada de domingo (28), acusado de atirar uma garrafa de vinho na mão de sua companheira. A violência aconteceu em Andradina (a 112 km de Araçatuba), depois de uma discussão entre os dois. 

A PM foi chamada e deteve o médico. A mulher denunciou que não foi a primeira vez que aconteceu esse tipo de agressão na residência do casal. 

Encaminhada ao pronto-socorro, a vítima foi medicada e liberada. O agressor foi levado à Polícia Civil, onde prestou esclarecimentos e ficou preso.

Ele deixou a cadeia após audiência de custódia, pagando R$ 20 mil de fiança.

LINK CURTO: http://folha.fr/1.386403

Curta nossa fanpage e receba notícias pelo Facebook