Justiça marca audiência de grupo que integrava rede de pedofilia

Repercussão nacional

A Justiça de Birigui marcou para o dia 6 de junho, às 13h30, a audiência dos réus de uma rede de pedofilia que atuava na região. O caso teve repercussão nacional.

Serão oito réus e 21 testemunhas de acusação e defesa. Dos oito, cinco estão presos acusadas de integrarem a quadrilha. Eles estão na penitenciária de Andradina, única unidade prisional da região que dispõe de um espaço específico para abrigar acusados de crimes sexuais. 

Três respondem ao processo em liberdade. Entre os réus estão um professor aposentado de Birigui e um ex-assessor parlamentar de Araçatuba. 

Leia esta notícia na íntegra em nossa edição digital para assinantes
LINK CURTO: http://folha.fr/1.399262

Curta nossa fanpage e receba notícias pelo Facebook