Jovem é preso por estuprar adolescente de 12 anos

Menina afirmou que consentiu; ele disse que não sabia idade dela

Um lavrador de 20 anos foi preso em flagrante, na madrugada desta segunda-feira (16), por estupro contra uma estudante, de 12. O caso ocorreu no Distrito de Juritis, que pertence a Glicério. Ele manteve relações sexuais com a jovem que, apesar do consentimento dela, se caracterizou como crime.

No Brasil, a lei 12.015, de agosto de 2009, prevê como estupro de vulnerável qualquer ato sexual ou libidinoso praticados com menores de 14 anos, mesmo com seu consentimento. Conforme a delegada da DDM (Defesa da Mulher), Maria Salete Cavestré Tondatto, o caso foi descoberto no início da madrugada, depois que a estudante chegou em casa, o que gerou desconfiança da mãe.

"A mulher perguntou para a jovem onde ela estava até aquela hora e o que fazia. Depois de alguma insistência, a menina confessou que estava com o rapaz e que havia tido relações sexuais com ele", explicou. Com a informação, uma equipe da Polícia Militar foi acionada, indo até a residência do lavrador.

CONFIRMOU
O lavrador confirmou que teve relações com a garota, entretanto, disse aos PMs que não sabia a idade dela. "Mesmo ela afirmando que houve seu consentimento, o caso, perante a lei, é considerado como estupro de vulnerável por conta da idade da estudante, sendo necessário todo o procedimento para este tipo de crime", destacou a delegada.

O rapaz recebeu voz de prisão em flagrante e foi levado ao plantão policial de Penápolis para prestar esclarecimentos. Depois de ser ouvido, foi encaminhado para a cadeia. "Vamos aguardar a chegada do laudo feito com a adolescente no IML (Instituto Médico Legal) e, com isso, darmos a conclusão do inquérito para que seja encaminhado à Justiça", finalizou Salete.

LINK CURTO: http://folha.fr/1.367930

Curta nossa fanpage e receba notícias pelo Facebook