Jogadores do Penapolense entraram em campo segurando faixa em apoio a Claudemir Peixoto

Jogadores do CAP fazem homenagem a treinador que perdeu filhos

Apesar de derrota, time de Penápolis permanece no G4

Numa noite em que a equipe não conseguiu se encontrar em campo, o Penapolense sofreu uma humilhante goleada pelo placar de 5 a 0 para o XV de Piracicaba, sábado (12), no estádio Tenente Carriço, pela Copa Paulista. O adversário dominou completamente o jogo e não encontrou qualquer dificuldade para construir o placar. A única oportunidade tida pelo CAP, em uma cobrança de pênalti, foi desperdiçada pelo atacante Dimba. 

Apesar do resultado adverso, o time de Penápolis ainda se mantém na quarta colocação em sua chave, dentro do grupo das equipes que passarão de fase. Antes da partida, a primeira após a tragédia familiar sofrida pelo técnico Claudemir Peixoto, que perdeu um casal de filhos e um sobrinho em razão de um acidente automobilístico, houve uma homenagem ao treinador. 

Os jogadores do Penapolense entraram em campo com uma faixa desejando força ao comandante. Antes de a bola rolar, todos os jogadores, inclusive os titulares e reservas do Nhoquim piracicabano, deram um abraço no técnico. 

O próximo jogo do CAP já vai ser nesta quarta-feira (16), de novo Tenentão, contra a Ferroviária. A partida, válida pela sétima rodada, foi adiada pela FPF justamente em razão da tragédia familiar vivida por Claudemir Peixoto.

VEJA AQUI OUTRAS REPORTAGENS SOBRE A SÉRIE
UM TÉCNICO E A SUPERAÇÃO



LINK CURTO: http://folha.fr/1.355876

Curta nossa fanpage e receba notícias pelo Facebook