Falso religioso é preso acusado de estelionato

Estava com prisão preventiva decretada

Policiais da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Andradina prenderam na tarde de terça-feira (10), um homem de 33 anos, acusado de usar o nome de padres da região para pegar dinheiro com fieis. 

Segundo apurado pela reportagem, já foram registrados vários boletins de ocorrência de vítimas que foram abordadas pelo suspeito, que se passava por religioso. Ele visitaria a residência de idosos e solicitava dinheiro para comprar botijão de gás para a Igreja Católica, dizendo estar  a mando do pároco.

Acreditando na conversa do suspeito, as vítimas contribuíam com valores em dinheiro, que acabavam ficando com o acusado de estelionato. Após ser identificado e detido, o homem foi reconhecido pelas vítimas.

TÁXI
A reportagem apurou que o suspeito pode ter visitado o município de Castilho na semana passada. Com um táxi vermelho, e dizendo estar a mando de um padre local, ele pediu água a uma aposentada e furtou R$ 400,00 em dinheiro da vítima.

Uma professora também foi abordada pelo suspeito, que pediu para fazer uma ligação telefônica ao padre. Nesse caso, a vítima desconfiou e o acusado foi embora.

A Justiça já havia expedido um mandado de prisão preventiva contra o homem, que foi recolhido a uma cadeia da região. (Colaborou Roni Willer)

LINK CURTO: http://folha.fr/1.398780

Curta nossa fanpage e receba notícias pelo Facebook