Um conhecido empresário que atua no comércio de calçados, após descobrir uma ligação direta de energia em uma das lojas dele

Empresário é preso por ligação direta de energia em fachada de loja

Fio era ligado diretamente do poste à loja; VEJA FOTOS DO LOCAL

Dando sequência à operação Gato de Botas 2, a Polícia Civil prendeu nesta terça-feira (1), um conhecido empresário que atua no comércio de calçados de Birigui, após descobrir uma ligação direta de energia em uma das lojas dele, na praça central da cidade. Segundo a polícia, o chamado gato era utilizado para acender as lâmpadas da fachada do estabelecimento, sem registrar o consumo de energia.

Equipe do GOE (Grupo de Operações Especiais) da Polícia Civil de Araçatuba foi até o estabelecimento, que fica na praça Dr. Gama, no início da tarde. Os policiais estavam acompanhados de técnicos da CPFL Paulista e solicitaram ao empresário, de 68 anos, que acompanhasse a vistoria na rede elétrica, pois havia denúncia de fraude.

Para a surpresa dos policiais, foi localizada uma ligação clandestina de energia elétrica feita direta do poste a um disjuntor que acendia várias lâmpadas de alta potência, usadas para iluminar a fachada da loja. Após o local ser periciado pelo IC (Instituto de Criminalística), o fio utilizado para fazer a ligação clandestina foi recolhido, um termo de inspeção de ocorrência foi elaborado pela equipe da CPFL Paulista e o empresário levado para a delegacia.

ADVOGADO
Acompanhado de um advogado, ele foi preso em flagrante e seria encaminhado à cadeia de Penápolis. Mas, durante a elaboração do flagrante, o advogado conseguiu a liberdade provisória do empresário mediante pagamento de fiança de R$ 5 mil. Assim, ele foi solto, mas responderá judicialmente pelo crime de furto qualificado. Boletim de ocorrência do fato foi registrado na Polícia Civil.

A defesa do empresário foi procurada pela Folha da Região, mas informou que não se manifestará neste momento sobre o assunto.