Enterro de Yara, nesta quarta-feira, em Andradina; amiga também foi encontrada morta em rio

Corpo de segunda menina desaparecida é encontrado no Tietê

Os bombeiros de Pereira Barreto encontraram na tarde desta quarta-feira (16) o corpo da adolescente Jenifer Naiara da Silva, 13 anos, que estava desaparecido desde sábado. Segundo os bombeiros, o corpo foi encontrado boiando no rio Tietê, perto de um frigorífico.

A amiga dela, Yara Barbosa, 14, que estava junto com Jenifer quando desapareceram, foi encontrada morta na terça-feira (15) no mesmo rio, porém em outra região, perto de uma ponte. Yara foi encontrada seminua e com um pedaço de pano em um dos braços, indicando que estavam amarrados.

Jenifer foi encontrada nua e com uma calcinha enrolada em um dos braços. O corpo foi visto por bombeiros que faziam buscas na região. Pouco depois das 14h, já havia a informação que se tratava de uma mulher, porém só mais tarde é que foi confirmado ser o corpo de Jenifer. Nos dois casos, os cadáveres estavam em estado de decomposição.

As duas amigas, que eram de Andradina, saíram de casa no sábado à noite e disseram às famílias que se encontrariam com colegas na mesma cidade. Desde então, seguiam desaparecidas. A adolescente de 14 anos teria saído de casa com uma sacola de roupas, segundo a polícia.

INVESTIGAÇÃO
O corpo de Yara foi velado terça-feira à noite e sepultado na manhã desta quarta-feira. O enterro de Jenifer está programado para na quinta-feira (17), também em Andradina.

Nesta quarta, os delegados Tadeu Coelho e Rafael Sangaleto ouviram amigos e parentes das duas meninas. A morte das meninas é investigada pela DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Andradina, que apura crimes de autoria desconhecida.

Conforme o titular da DIG, ainda não há suspeitos das mortes. Segundo Coelho, é possível que as duas tenham conhecido rapazes em Andradina que as levaram a Pereira Barreto, possivelmente a algum rancho, e por motivos desconhecidos, praticaram os crimes.