Antes, o Legislativo funcionava das 8h às 11h e das 13h às 17h, agora, das 7h30 às 11h e das 13h até as 17h30

Câmara de Birigui amplia uma hora de seu expediente

Com isso, também passou a funcionar oito horas diárias

O horário de funcionamento da Câmara de Birigui foi ampliado em uma hora. O expediente, agora, é das 7h30 às 11h e das 13h às 17h30. Até o último dia 5 deste mês, o funcionamento era das 8h às 11h e das 13h às 17h. A mudança foi oficializada pelo presidente Vadão da Farmácia (PTB), no Diário Oficial do município, após requerimento do vice-presidente José Luís Buchalla (PRP). 

Buchalla disse que fez o requerimento ao presidente após receber denúncia de que os funcionários do Legislativo não estavam cumprindo a jornada de trabalho de oito horas, por conta do horário de funcionamento da Casa. Após apurar, Buchalla constatou a irregularidade e a comunicou a Vadão, com o objetivo de que a Câmara passasse a cumprir a lei. 

Porém, o vereador do PRP disse que a prática não era desta legislatura (2017-2020), sendo que a situação já vinha de muitos anos atrás. “O Vadão consertou esse problema”, afirmou Buchalla. 

Com a mudança, a carga horária de trabalho da Câmara se iguala ao da Prefeitura de Birigui, que já é de oito horas diárias. Para Buchalla, autor do requerimento, a ampliação do horário de funcionamento do Legislativo irá contribuir muito para o atendimento da população. 

PROIBIÇÕES
Além da ampliação do horário de funcionamento, a medida de Vadão também traz outras alterações. A portaria do petebista proíbe a presença de servidores na área administrativa e legislativa da sede da Câmara no período das 11h às 13h. Apenas poderão permanecer nesse espaço vigias e agentes masculino e feminino e a empresa de limpeza.

Nesse horário, somente será permitida a permanência dos demais funcionários do Legislativo nas áreas da copa, cozinha e sanitários, sendo vedado, inclusive, a presença deles em suas salas de trabalho. 

Porém, alguns funcionários terão acesso irrestrito às dependências da Câmara em qualquer dia e horário, incluindo feriados e pontos facultativos. Os servidores que terão essa permissão são: o titular da diretoria geral; os chefes do setor administrativo, controle interno, legislativo e tecnologia da informação, bem como os membros da procuradoria jurídica. 

CONSIDERAÇÕES
Na portaria que estabeleceu o novo horário de funcionamento do Legislativo, Vadão fez algumas considerações, entre elas, as necessidades dos vereadores e da população quanto o atendimento na sede da Câmara e a necessidade de melhor disciplinar a jornada de trabalho dos servidores da Casa.

LINK CURTO: http://folha.fr/1.383596

Curta nossa fanpage e receba notícias pelo Facebook