Em Birigui, na Biblioteca Nilo Peçanha, funcionários recebiam capacitação para o assunto

Bibliotecas da região terão recursos para ajudar pessoas com deficiência visual

Scanner leitor de mesa está entre equipamentos

Três bibliotecas municipais da região de Araçatuba foram contempladas pelo governo de São Paulo, por meio da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, para o fornecimento de equipamentos de tecnologia assistida. O benefício faz parte do projeto Acessibilidade em Bibliotecas. 

Foram beneficiadas as bibliotecas municipais Izabel Gelonezi Fonseca, de Auriflama; Nilo Peçanha, de Birigui; e a Prof. Oswaldo Januzzi, de Buritama. 

O projeto resulta de parceria firmada entre a Secretaria da Pessoa com Deficiência e o Fundo de Interesse Difusos, da Secretaria de Justiça e Defesa da Cidadania do Estado. A ideia é permitir que pessoas com deficiência visual tenham acesso à leitura em 62 bibliotecas municipais.

As unidades de leitura contempladas receberam ampliador automático, scanner leitor de mesa, teclado ampliado, mouse estacionário, software de voz sintetizada para atuação com o software leitor de tela NVDA e computador. Os centros de leitura presentes na lista participaram do Concurso Acessibilidade em Bibliotecas, pelo qual os interessados elaboraram um projeto sobre como pretendem ampliar a frequência de usuários com deficiência em suas unidades e forneceram informações a respeito do funcionamento da unidade. Os projetos foram selecionados por uma comissão julgadora.

AMPLIAÇÃO
Para o coordenador de projetos da biblioteca de Birigui, Paulo Bernardes, um dos maiores benefícios desse programa é a possibilidade de criar ainda mais acessibilidade ao público. Bernardes destaca que "toda instituição pública prima pela democratização do espaço, no qual todos precisam ter acesso e o acesso tem de ir ao encontro das pessoas".

O coordenador ainda reforça que os funcionários já recebiam capacitação para atendimento público portador de deficiência e que, com o novo projeto do governo do Estado, poderão atender ainda mais a população. 

As ganhadoras deverão efetuar pesquisa de satisfação junto aos usuários dos equipamentos, apresentar relatório semestral sobre o número de usuários e as ações desenvolvidas com base nos equipamentos disponibilizados. 

Além de assegurar, ao longo do tempo, a assistência e manutenção após a entrega dos equipamentos, as bibliotecas precisarão indicar dois servidores para participar de um workshop de capacitação para utilização dos equipamentos ministrados pela Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência.

LINK CURTO: http://folha.fr/1.360330

Curta nossa fanpage e receba notícias pelo Facebook