ACUSADO DE MATAR UNIVERSITÁRIA É PRESO

Em Pereira Barreto

A Polícia Militar prendeu na manhã desta quarta-feira, o estudante de 28 anos, acusado de matar a facadas a universitária Maria Julia Martins Quintino da Silva, 17, na tarde de segunda-feira (9), em Ilha Solteira. Segundo apurado pela reportagem, ele foi preso em Pereira Barreto, quando tentava pegar uma carona.

O acusado, que namorou a vítima, deve ser levado para Ilha Solteira para ser ouvido. O primo dele, um cabeleireiro de 30 anos, foi preso na segunda-feira, acusado de participar no crime. Ele estava com o carro usado na fuga.

Maria Julia foi morta a facadas quando seguia para a faculdade. O crime aconteceu por volta das 14h, a poucos metros da república onde a estudante morava, na viela do Passeio Batalha. Ela foi encontrada caída, descalça, com vários ferimentos no abdome, no pescoço, nos braços e nas costas.

O corpo da adolescente, que era estudante no primeiro semestre de zootecnia na Unesp de Ilha Solteira, foi enterrado na terça-feira (10), em General Salgado. (Colaborou Roni Willer)

LINK CURTO: http://folha.fr/1.398879

Curta nossa fanpage e receba notícias pelo Facebook