Como assinar
Edições           anteriores
História


Araçatuba, sábado, 20 de Janeiro de 2001


Artigo



Esclarecimento

Causou-me estranheza a carta enviada por Alberto Franco Junqueira, e publicada por este conceituado órgão de imprensa no dia 17 do corrente, na coluna de Cartas. Passo a esclarecer o que talvez "por um lapso" foi omitido aos leitores.
1- Mesmo sendo adversário político, temos que ter a grandeza de reconhecer quando o político acerta em suas atitudes, como a do atual prefeito, Jorge Maluly Netto, dando exemplo de sabedoria e maturidade política, raramente encontradas na história política do Brasil. Em seu discurso de posse, quando disse que seu partido político daqui para frente se chamaria Araçatuba, e que iria governar com profissionais capazes, honestos e trabalhadores, sem se importar com sua linhagem partidária, o fez!!! Mesmo porque nunca foi prefeito em Araçatuba, por isso qualquer nome que indicar criará polêmica por já ter trabalhado na gestão de João Batista Botelho (Cuiabano), Silvio José Venturolli, Waldir Felizola de Moraes, Oscar Gurjão Ribeiro Cotrim, Sidnei Cinti, Domingos Martins Andorfato ou Germínia Dolce Venturoli.

2- Sr. Alberto Franco Junqueira, quero lembrá-lo de que não podemos nos dirigir a uma pessoa pública pelo seu apelido, mesmo porque a maioria fez doutorado e merece ser respeitada pelo que já fez e ainda fará por nossa cidade.
a) Dr. Antônio Carneiro da Silveira, engenheiro agrônomo, ex-diretor do DIRA, vereador eleito por várias legislaturas, e encerrando sua atividade no Legislativo como presidente da Câmara dos Vereadores.
b) Dr. Ernesto Tadeu Capela Consoni, engenheiro civil, ex-diretor da Constroen, participou da construção de vários edifícios e condomínios residenciais, tendo participado da implantação das destilarias de álcool Aralco e Alcoazul etc., etc., secretário de planejamento na gestão de dr. Domingos Martin Andorfato, ex-secretário de planejamento na cidade de Marília - SP, convidado pelo atual prefeito, o sr. Camarinha, para permanecer por mais 4 (quatro anos).
c) Professor Rogério Ferreira Pinto, formado em Educação Física, ex- jogador profissional da Associação Esportiva Araçatuba (AEA).
d) Dr. Alli Mohamed Abdo, advogado militante, procurador jurídico na gestão Andorfato.
e) Drª Dircelia Spironelli possui curso superior, secretária da presidência da Câmara dos Vereadores na gestão do dr. Carneiro e do dr. Tadami Kawata.
f) Oscar Faria Ramos, lotado na seção de arquivos da prefeitura.
g) Miréia Paula Nunes, estudante da Faculdade de Ciências Contábeis.
h) Dr. Marcelo de Sylos, advogado, funcionário de carreira da prefeitura com mais de 20 (vinte) anos de serviços, passando por várias gestões já citadas acima.
i) Dr. Milton Gottardi Abujanra, médico ginecologista, também filho de Araçatuba, com passado exemplar assim como todos os demais citados.
3- Este é o momento para todos nós araçatubenses nos unirmos por um só objetivo: colocarmos Araçatuba no seu devido lugar no cenário nacional.
Criticar é um direito, mas apontar a solução também, da mesma forma, é uma obrigação.

Celso Morosini, delegado do Meio Ambiente