Wilson Marini é editor-executivo da APJ (Associação Paulista de Jornais)

Wilson Marini: São Paulo incentiva espaços compartilhados

O governo estadual acaba de aderir à tendência mundial do trabalho compartilhado, conhecido por coworking. Numa ação para apoiar o empreendedorismo no Estado, o governador Geraldo Alckmin assinou parceria com a Fundação Telefônica Vivo e criou na segunda-feira (29) um local público que junta instituições de ensino e espaços colaborativos de trabalho num mesmo ambiente. 

Segundo o Palácio dos Bandeirantes, os resultados indicarão o caminho para que a iniciativa chegue a outras cidades paulistas. O objetivo inicial é apoiar micro e pequenas empresas e microempreendedores individuais. O novo projeto foi batizado de Acessa Campus e vai funcionar a partir de março no bairro Santana, na capital. Serão 835 metros quadrados de espaço, com cerca de 100 posições de trabalho, além de sala de reuniões e espaço lounge. Terá uma sala aberta ao público.

Como funciona
Serão selecionadas 80 pessoas para ocupar as salas de coworking por 10 meses, com apoio de profissionais para o desenvolvimento de projetos de forma gratuita. Em contrapartida, devem oferecer palestras, treinamento ou consultoria para a comunidade. 60 deles serão acompanhados pela Fundação Telefônica Vivo por meio do Pense Grande, programa em parceria com a rede global de empreendedores Impact Hub, que busca estimular ações de empreendedorismo social entre jovens de escolas públicas.

A força do Interior
Há quatro décadas, em 1977, Limeira recebia a que viria a ser uma das principais plantas para a produção de alimentos, insumos e aminoácidos do mundo. A Ajinomoto inaugurava sua primeira fábrica no Brasil. Quatro décadas depois, agora com mais de 1,8 mil funcionários, a fábrica é a principal produtora mundial de glutamato monossódico (MSG). A planta de Limeira foi ampliada recentemente como parte do pacote de investimentos de R$ 325 milhões, realizados pela empresa entre os anos fiscais de 2014 e 2016. 

A planta de Limeira é fundamental para a atuação da Ajinomoto do Brasil no mundo, diz Carlos Takata, diretor industrial da unidade. “Além da ótima oferta de matéria-prima e de mão de obra, a região é estratégica por facilitar o escoamento dos produtos e garantir o abastecimento dos mercados interno e externo”. A expansão mostra a confiança da empresa no desenvolvimento do Estado e na importância do mercado consumidor paulista, analisa Sérgio Costa, diretor de Negócios da Investe SP.

E mais
●     A Nestlé está investindo R$ 84,4 milhões em sua unidade de Araras entre os anos de 2016 e 2018. A fábrica é a primeira da multinacional no País, instalada em 1921 para a produção do leite condensado.
●     A primeira unidade de desossa e processamento de carne de bovinos da raça japonesa wagyu será construída pela empresa Kobe Premium em Americana.

Sonho da terceira idade
Santos é a melhor cidade brasileira para quem tem mais de 60 anos morar, segundo pesquisa do Instituto de Longevidade Mongeral Aegon e Fundação Getúlio Vargas. Entre as 20 primeiras do ranking, fazem parte São José do Rio Preto, Ribeirão Preto, Jundiaí, Americana, Campinas, Presidente Prudente, Bauru, Araraquara, São Carlos e Santo André. Foram levados em conta fatores como força econômica, serviços de saúde, estilo de vida ativo, oportunidades de estímulo intelectual, estrutura de habitação e índices de violência menores.

Agilidade
Uma boa notícia para os pacientes inscritos nos serviços de busca por vagas em hospitais municipais e estaduais no Estado. Foi aprovada pelo governo estadual lei que integra os serviços de busca na Central de Regulação de Ofertas de Serviço de Saúde (Cross) e o Sistema Integrado de Gestão da Assistência à Saúde (Siga), operados pelas secretarias estaduais e municipais de saúde, respectivamente.

Mudança no TJ paulista
No próximo dia 5, o desembargador Manoel de Queiroz Pereira Calças tomará posse como presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo para o biênio 2018/2019. Ele defende intercâmbio e harmonia entre os poderes do Estado como base “para que tenhamos um Estado democrático de direito e para que São Paulo continue exercendo seu protagonismo frente ao povo brasileiro". Pereira Calças nasceu em 1950 em Lins e é bacharel em direito pela Faculdade de Direito de Bauru.

Prevenção da diabetes
Duas propostas aprovadas na Assembleia Legislativa se referem à diabetes. Um deles obriga que nas escolas de educação infantil e fundamental exista uma pessoa treinada para realizar testes de glicemia capilar e administrar insulina em alunos diabéticos. O teste da gotinha permite acompanhar os níveis de glicose no sangue ao longo do dia. Outro obriga a realização de testes de glicemia capilar nos alunos do 6º ano do ensino fundamental e do 1º ano do ensino médio da rede estadual de educação. Ambos dependem de sanção por Geraldo Alckmin.

Lutas marciais
Os deputados estaduais aprovaram também projeto de lei que obriga a realização de exames de saúde nos profissionais de lutas marciais antes de qualquer competição. O objetivo é preservar os esportistas. A proposta aguarda a caneta do governador.

ACESSE AQUI A COLUNA
'CONTEXTO PAULISTA'

LINK CURTO: http://folha.fr/1.387093

Curta nossa fanpage e receba notícias pelo Facebook