Trecho de imagens mostra professora arrastando uma das crianças pelo braço

Professora é filmada agredindo crianças em creche

Vídeo foi parar em redes sociais e funcionária acabou afastada

Uma professora foi flagrada agredindo alunos de três anos de idade numa creche municipal de Buri, interior de São Paulo. Imagens da câmera de monitoramento do local mostra a professora do maternal da Escola Municipal de Educação Infantil (Emei) Dona Zoraide Francisco Bonifácio segurando e batendo a cabeça de uma criança em outra. Ela também arrasta um aluno pelos braços, empurra e derruba uma das crianças. O vídeo foi parar em redes sociais e a funcionária foi afastada.

 ASSISTA AO VÍDEO: 

O Buri Conectado teve acesso as imagens que registraram os "maus tratos" cometidos pela professora contra crianças numa creche de Buri. A imagem está embaçada para proteção das crianças. 1- Duas crianças aparecem entre as pernas da professora. Posteriormente ela bate cabeça com cabeça. 2- Uma criança é bruscamente colocada no chão, enquanto ela atravessa a sala e arrasta outra criança pelo braço. 3- A professora empurra uma criança da cadeira, fazendo com que sente-se no chão. Saiba mais : https://www.buriconectado.com/2017/10/delegado-abre-inquerito-para-investigar.html

Publicado por Buri Conectado em Segunda, 9 de outubro de 2017

O caso foi divulgado na segunda-feira, 9, depois que a Polícia Civil recebeu as imagens e decidiu abrir inquérito por maus tratos. O vídeo foi encaminhado para perícia no Instituto de Criminalística de Itapeva, na mesma região. A identidade da suspeita não foi divulgada.

A Secretaria de Educação do município informou que a conduta da funcionária é apurada em sindicância. Em audiência preliminar, a professora negou que tenha havido maus tratos e pediu licença médica, mas seu afastamento foi determinado até a conclusão do processo.

A pasta encaminhou o vídeo para a Polícia Civil. Conforme a Secretaria, a professora já respondeu a processo administrativo por tratamento inadequado de alunos em outra escola, em 2015. Ela foi punida com advertência. O Conselho Tutelar do município fez reunião com os pais e um psicólogo vai acompanhar as crianças que foram vítimas de maus tratos.

LINK CURTO: http://folha.fr/1.366873