Wilson Marini é editor-executivo da APJ (Associação Paulista de Jornais)

Marini: Outubro Urbano discute as cidades sustentáveis

Para chamar a atenção sobre o impacto da urbanização no planeta, a Organização das Nações Unidas (ONU) definiu este mês como o Outubro Urbano. A reflexão se dará com base na Nova Agenda Urbana e a Agenda 2030, com o objetivo de encontrar “estratégias inovadoras para o enfrentamento dos problemas urbanos e desigualdades sociais alinhados a práticas mais sustentáveis”. No dia 31 de outubro, será comemorado o Dia Mundial das Cidades e nessa ocasião, o debate terá como tema Governança Inovadora: Cidades Abertas. No Brasil, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) lembra que o conceito de “Cidade Aberta” tem como meta uma cidade integrada com oferta de múltiplos usos e fortalecendo os usos mistos dos espaços públicos para a promoção da cidadania e segurança. 

Investimentos no Interior
A TMD Friction do Brasil, do grupo Nisshimbo, fabricante das pastilhas e lonas de freio da marca Cobreq, realizou na terça-feira (3) a cerimônia de inauguração de sua nova planta, em Salto, região de Sorocaba. O projeto de investimento é de R$ 142 milhões. A TMD Friction é a maior fabricante de material de fricção para veículos comerciais e de passageiros da indústria automotiva global. A empresa fornece para o mercado nacional de reposição e principais montadoras existentes no país. 

São Paulo global
Foi lançado na capital o programa "International Desk", com o objetivo de facilitar o trabalho de investidores estrangeiros interessados em fazer negócios no Brasil e de brasileiros em fazer negócios com outros países. Conta com a cooperação do Sescon-SP, a Fiesp, a Fenacon, o Consiglio Nazionale dei Dottori Commercialist e o Degli Esperti Contabili. O serviço manterá comunicação nos idiomas italiano, inglês, espanhol e português. 

De vento em popa
O Estado de São Paulo possui áreas de boa intensidade de ventos, onde a fonte eólica pode ser uma opção de geração de energia elétrica. Jau, Capão Bonito, Fartura, Itu e Campos do Jordão são alguns dos municípios com maior potencial de geração por essa fonte. 

Testes aprovados
Após dois meses em testes, os primeiros aerogeradores do Estado entraram oficialmente em operação na área da usina Porto Primavera. Com investimento de R$ 8,3 milhões, as unidades têm capacidade de gerar por ano até 620 megawatts-hora (Mwh) e fazem parte de um projeto de pesquisa da Cesp que visa estudar a complementaridade energética das fontes solar, eólica e hidráulica. "O início da produção de energia elétrica por meio dos ventos é um marco para São Paulo, que comprova seu potencial e viabilidade econômica para adotar o uso da geração de energia eólica em sua matriz energética", diz o secretário estadual de Energia e Mineração, João Carlos Meirelles. 

A força do agronegócio
O agronegócio paulista inspirou mais uma reportagem da mídia nacional. Desta vez, o Valor Econômico publicou reportagem segundo a qual a intensificação da tecnologia no campo está promovendo a integração de vários setores, como os de máquinas agrícolas, agroquímica e empresas de tecnologia, a fim de buscar soluções conjuntas e oferecer um sistema mais completo aos produtores. Nesse contexto, algumas regiões aproveitam a oportunidade para desenvolver a economia. Francisco Jardim, sócio do SP Ventures, um dos principais fundos de investimentos do setor, destaca como novidade a criação de hubs de empreendedorismo e inovação em várias partes do país. Alguns já despontaram em Minas Gerais (Viçosa e Lavras) e Paraná (Londrina), mas, segundo ele, nenhum alcançou, ainda, o porte de Piracicaba, no Interior Paulista.

Em destaque 
Distante 170 quilômetros da capital, Piracicaba tem na Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz uma das principais referências em pesquisa agrícola do país. Ao redor da universidade nasceu o programa AgTech Valley, batizado de Vale do Silício do Brasil, com o objetivo de reconhecer, fortalecer e criar uma identificação da sociedade com o ecossistema tecnológico. A cidade sedia organizações de pesquisa, o Parque Tecnológico, referência para o setor de tecnologia na agricultura; o Centro de Tecnologia Canavieira; o Centro de Pesquisa em Energia Nuclear para Agricultura, além de incubadoras e empresas voltadas ao agronegócio dos mais variados portes. O jornal conclui que não é à toa que a cidade concentra 19% das startups de agro do país.

Ciência
Entre 1984 e 2004, o casal de arqueólogos Denis e Águeda Vilhena Vialou, do Museu Nacional de História Natural da França, coordenou escavações a 80 quilômetros a noroeste de Cuiabá, no Mato Grosso. Segundo o estudo, revelado pela revista Pesquisa, da Fapesp, há indicativos de que o Homo sapiens teria habitado a região por volta de 27 mil anos e entre 12 mil e 2 mil anos atrás. Esse sítio pré-histórico é um dos mais antigos do país com indícios de presença humana.

Prevenção
Projeto de de lei que tramita na Assembleia, de autoria do deputado Márcio Camargo (PSC), institui o dia 28 de setembro como o "Dia Estadual de Conscientização e Orientação sobre o Câncer de Estômago". 

 

ACESSE AQUI A COLUNA
'CONTEXTO PAULISTA'

 

LINK CURTO: http://folha.fr/1.366299

Curta nossa fanpage e receba notícias pelo Facebook