Homem é preso após matar ex-mulher e nora a facadas

Depois de praticar os crimes, o homem tentou se matar

Um homem invadiu a casa da ex-mulher e usou uma faca para matá-la e à sua nora, na manhã desta segunda-feira, 4, em Pilar do Sul, interior de São Paulo. A mulher mais jovem estava com um bebê de seis meses, neto do acusado, que foi poupado pelo criminoso. Depois de praticar os crimes, o homem tentou se matar, mas ficou apenas ferido. Ele foi preso em flagrante. A Justiça já havia concedido medida protetiva à ex-mulher, após ela ter sido agredida e ameaçada pelo ex-marido.

O crime aconteceu no Jardim Campestre, periferia da cidade. O motorista João Batista Gomes de Souza, de 52 anos, estava proibido de se aproximar de Claudelice Alves da Silva, de 45, mas invadiu a casa e a atacou com a faca. Sua nora, Alessandra Gomes Vieira, de 28 anos, tentou defender a mulher e também foi morta. Vizinhos acionaram a Polícia Militar depois de ouvirem os gritos e pedidos de socorro das vítimas. Os policiais localizaram a criança chorando sobre a cama e, no banheiro, o acusado trancado com as duas mulheres.

De acordo com a Polícia Civil, as duas vítimas já estavam mortas. O autor dos crimes usou a faca para cortar os próprios pulsos, na tentativa de se matar, mas conseguiu apenas se ferir. Ele foi levado à Santa Casa da cidade e ficou sob escolta.

O delegado titular do município, Milton Andreoli, vai aguardar que o acusado receba alta médica para tomar seu depoimento. Ele acredita que o crime foi motivado pela inconformidade do acusado com a separação. Ele será indiciado pelos crimes de duplo homicídio qualificado e, no caso da ex-mulher, agravado pelo feminicídio. Os corpos das vítimas foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) de Sorocaba.
LINK CURTO: http://folha.fr/1.377084

Curta nossa fanpage e receba notícias pelo Facebook