Grêmio vira sobre o Brasil de Pelotas, vence 1ª no ano e deixa lanterna do Gaúcho

O Grêmio venceu pela primeira vez na temporada nesta quarta-feira. Em jogo adiantado da sétima rodada do Campeonato Gaúcho, o time recebeu o Brasil de Pelotas, saiu atrás no primeiro tempo, mas buscou a virada na etapa final para fazer 2 a 1 e deixar a lanterna da competição.

Esta foi apenas a segunda partida do Grêmio com o time principal em 2018, já que foi representado pelo elenco de transição nas primeiras quatro rodadas do Gaúcho. Mais uma vez, a equipe apresentou falhas, principalmente defensivas, mas reagiu com a entrada de Alisson no segundo tempo.

O resultado levou o Grêmio a quatro pontos, agora em penúltimo, à frente do Novo Hamburgo, que tem dois pontos e um jogo a menos. Também embalou o time de Renato Gaúcho para o clássico de domingo diante do Inter, no Beira-Rio. Já o Brasil parou nos 13 pontos, em segundo, e perdeu a chance de assumir a ponta.

Nesta quarta, o Grêmio entrou disposto a dar uma resposta e foi para cima do Brasil. Ocupou o campo de ataque e, aos poucos, começou a criar oportunidades. Luan foi o responsável pelos dois primeiros chutes. Aos 11, arriscou próximo à área e isolou. Pouco depois, tentou em cobrança de falta e viu Itaqui tirar quase em cima da linha.

Mas parou nisso. O Brasil conseguiu bloquear bem as investidas do Grêmio e permitiu ao adversário apenas os chutes de longe. Aos 35, Maicon tentou desta forma, da intermediária, e exigiu ótima defesa de Marcelo Pitol.

A primeira grande chance da etapa inicial, no entanto, veio do lado do Brasil. Alisson Farias avançou pela esquerda com muita liberdade e cruzou para o meio da área. Toty aproveitou cochilo e bateu firme, para grande defesa de Marcelo Grohe. Mas no lance seguinte, o mesmo Toty finalizou cruzado para o meio da área, Robério desviou e a bola ainda tocou no travessão antes de entrar.

O Grêmio foi para o intervalo com o estádio dividido entre vaias e aplausos. Para mudar a equipe, Renato foi ousado. Tirou o lateral Madson e o volante Jailson para colocar o meia Alisson e o atacante Jael. E demorou apenas sete minutos para a alteração dar certo. Alisson tabelou com Luan e chutou de fora da área. Marcelo Pitol falhou e o empate foi selado.

O gol embalou o Grêmio. Mais ofensivo, o time da casa encurralou o Brasil e foi buscar a virada pouco depois. Aos 17 minutos, Everton se esforçou para evitar a saída pela esquerda e cruzou para a área. A bola passou por todo mundo e encontrou Luan, que teve calma para dominar e bater para a rede.

O Brasil reagiu e assustou no minuto seguinte com Gustavo Bastos, que arriscou da entrada da área e jogou rente à trave. Mas o jogo era do Grêmio. Aos 22, Luan cobrou falta na área e Kannemann desviou rente ao travessão. Um minuto depois, Everton tentou de voleio e também assustou.

Para evitar qualquer susto no fim, o Grêmio tratou de diminuir o ritmo e se protegeu um pouco mais. Os últimos minutos, então, foram bastante mornos, no cenário que favorecia o time da casa.
LINK CURTO: http://folha.fr/1.388152

Curta nossa fanpage e receba notícias pelo Facebook