Moreira Franco pede ao Cade que investigue suposto cartel em combustíveis

O ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Moreira Franco, confirmou nesta quinta-feira, 8, que o governo procurou o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) para pedir que o órgão antitruste investigue a suposta cartelização da cadeia de venda de combustíveis, incluindo postos e distribuidoras.

"O consumidor tem o direito a escolher preço mais baixo, mas isso só acontece quando há concorrência. O que percebemos é que existe cartel nos postos de gasolina. Quando a Petrobras abaixa o preço isso não tem reflexo nas bombas", disse o ministro.

A Secretaria-Geral da Presidência informou que Moreira Fraco se reuniu nesta quinta com o presidente do Cade, Alexandre Barreto, que teria prometido estudar o instrumento legal adequado para iniciar a investigação.

"Pedimos ao Cade que a política de preços da Petrobras tenha efeito no bolso dos brasileiros. A nova política de preços da Petrobras veio para ficar", completou Moreira Franco, após cerimônia de anúncio das metas do Minha Casa Minha Vida para 2018.
LINK CURTO: http://folha.fr/1.388267

Curta nossa fanpage e receba notícias pelo Facebook