Homem mata ex-mulher a facadas na frente do filho por causa de dívida de pensão

Acusado também feriu a ex-sogra, que tentou defender a filha

Um homem de 25 anos invadiu a casa da família e desferiu vinte facadas contra a ex-mulher, na manhã desta quinta-feira, 9, em Mogi Guaçu, no interior de São Paulo. A jovem, Ana Paula Alencar Marangoni, de 21 anos, morreu. O acusado, Cleyton Ribeiro Rosa, feriu também a ex-sogra, que tentou defender a filha. Os crimes foram praticados na presença do filho do casal, de 3 anos, poupado pelo agressor. Cleyton foi preso logo depois por policiais militares, quando ainda levava na cinta a faca suja de sangue.

O crime chocou os moradores do bairro Boa Vista, na periferia da cidade. De acordo com familiares da vítima, o casal estava separado havia alguns meses e, no dia anterior, ela tinha entrado em contato com o ex para cobrar a pensão alimentícia do menino, que estava atrasada.

No início da manhã, o pai de Ana Paula saiu de casa para levar outra filha ao ponto de ônibus e deixou o portão encostado. O ex-marido aproveitou para invadir o imóvel e praticar os crimes.

Ana Paula foi socorrida pela mesma viatura da PM que prendeu o agressor. Levada a uma unidade hospitalar, ela não resistiu à gravidade dos ferimentos. Sua mãe, Andréia Alencar Gomes, de 39 anos, foi hospitalizada em estado grave e, após passar por cirurgia, continuava internada na tarde desta quinta-feira.

Ao ser abordado, o suspeito confessou o crime e entregou a faca aos policiais. Ele alegou que a ex o "ficava perturbando" por causa da pensão. O acusado foi autuado em flagrante por homicídio qualificado pelo feminicídio.
LINK CURTO: http://folha.fr/1.372473