Thiago Castro: “Temos algumas resistências, mas não desistimos"

‘Verdes ruas’ vira alternativa a ‘desertos de cimento’ em Araçatuba

Ações de voluntários são feitas aos finais de semana

O comerciante Thiago Castro, de 35 anos, após observar, pelas redes sociais, reclamações sobre falta de arborização na cidade, decidiu fazer a sua parte e “arregaçou” as mangas para ajudar o meio ambiente. Ele e o jornalista e fotógrafo Ângelo Cardoso, 49, passaram a desenvolver o projeto “Verde ruas”, que consiste no plantio de mudas de árvores nos corredores considerados “desertos de cimento”.

A iniciativa já foi divulgada pela Folha em janeiro deste ano.

Castro informou que as ações são feitas aos finais de semana, sendo plantadas mudas em diversos locais, como na praça do Camelódromo, na rua Marechal Deodoro, Aguapeí. “Temos algumas resistências, mas não desistimos, pois nossa torcida é para que outros empresários apoiem a ideia”, disse.

Ele acrescentou que o plantio poderia ser maior, caso houvesse maior conscientização da população sobre a importância de uma árvore. “Infelizmente, algumas pessoas não param para pensar os benefícios que são obtidos com o plantio de uma espécie. Quem faz isso está ajudando, além do meio ambiente, a produzir oxigênio”, ressaltou.

Além do plantio, o comerciante destacou que estuda para se formar tecnólogo em gestão ambiental e que, em breve, fará, com mais amigos, outro projeto, desta vez para a manutenção das árvores. “Precisamos salvar o meio ambiente enquanto ainda é tempo. Se todo mundo plantasse, pelo menos uma muda, amenizaria o calor que faz em Araçatuba”, finalizou.


VEJA AQUI OUTRAS REPORTAGENS DA SÉRIE
DÉFICIT DE ÁRVORES EM ARAÇATUBA'



LINK CURTO: http://tinyurl.com/y79h3vsw