Tratorista é morto a tiro durante pescaria

Tiro acertou o ombro e ficou alojado no peito da vítima

O tratorista Geraldo da Silva Souza, de 27 anos, que residia em Clementina, foi morto na madrugada desta sexta-feira (8), enquanto pescava no rio Tietê, em Araçatuba. Ele estava com outras duas pessoas. Existe a suspeita de que ele tenha sido confundido com um animal por caçadores.

De acordo com o boletim de ocorrência, dois homens – de 49 e 31 anos – disseram que estavam pescando com Silva às margens do rio, com a água na cintura e próximo de uma usina. Por volta das 23h, um barco se aproximou do local e um tiro foi disparado da embarcação.

GRITO
Ainda segundo o BO, um dos amigos do tratorista contou que ouviu um dos ocupantes do barco gritar que o disparo havia acertado uma pessoa. O tiro acertou o ombro de Souza e ficou alojado no peito da vítima. A embarcação fugiu do local. As testemunhas foram até a base da Polícia Militar no bairro Engenheiro Taveira pedir ajuda.

O tratorista foi levado pela Unidade de Resgate do Corpo de Bombeiros ao pronto-socorro, mas não resistiu. Conforme a polícia, o calibre da bala que atingiu Souza é de .44, ou seja, usada em espingardas, o que levanta a suspeita de que ele tenha sido confundido com um animal, provavelmente uma capivara.

O corpo da vítima foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal), onde passaria por exame necroscópico e depois liberado aos familiares para velório e sepultamento. Buscas foram feitas, entretanto, nenhum suspeito foi localizado e preso.

LINK CURTO: http://folha.fr/1.360656