Três suspeitos são mortos e um PM ferido após tentativa de furto

Polícia apura se casos estão relacionados

Anderson William da Silva e Fábio de Melo Silva, ambos com 21 anos e moradores no bairro São José, em Araçatuba, morreram em troca de tiros durante tentativa de furto de fios de cobre em uma usina de açúcar e álcool em Flórida Paulista, na noite de domingo (8). Um policial militar e outro suspeito do crime ficaram feridos durante a ação.

A polícia apura se o caso está relacionado a outra ocorrência em Araçatuba, na madruga desta segunda-feira (9), que resultou em mais um suspeito baleado e morto em troca de tiros com policiais da Força Tática.

Segundo apurado pela reportagem, a tentativa de furto na usina em Flórida Paulista, que fica a 114 quilômetros de Araçatuba, ocorreu por volta das 22h.

Um policial militar reformado que trabalha como segurança na empresa informou que teria ocorrido uma troca de tiros e que um colega dele, também policial, estava gravemente ferido. Os policiais chegaram ao local e encontraram esse outro PM caído no chão e acionaram o resgate do Corpo de Bombeiros, que o levou para um hospital em Adamantina.

A testemunha contou que durante ronda a pé na parte interna da destilaria, percebeu a presença de quatro ou cinco desconhecidos que acabaram entrando no barracão. Ao perceber a presença dos seguranças, os suspeitos passaram a atirar e houve revide.

Quando os policiais que atenderam a ocorrência entraram no barracão, encontraram os dois suspeitos mortos, com perfurações pelo corpo. Próximo aos corpos, havia um revólver 357, com três cápsulas deflagradas e três deflagradas.

A suspeita da polícia é de que a quadrilha pretendia furtar fios de cobre para revender, pois foi apreendido um alicate utilizado para cortar esse tipo de material.

FERIDO
Durante atendimento à ocorrência, a Polícia Militar foi informada que um homem ferido por tiros pedia ajuda em uma estrada da cidade. Foram realizadas buscas, mas o suspeito não foi encontrado. Entretanto, a polícia soube que ele fez contato com familiares em Araçatuba e contado que foi baleado durante tentativa de furto à usina. E revelou ainda, que dois colegas dele tinham morrido.

A mãe desse suspeito foi até Flórida Paulista e confirmou as informações, revelando que os apelidos dos suspeitos mortos eram Lagoinha e Baú.

Sobre o baleado, a assessoria de imprensa da Santa Casa de Araçatuba informou nesta manhã, que um açougueiro de 23 anos, morador no bairro São José, deu entrada no hospital pela Cros (Central de Regulação de Ofertas e Serviços de Saúde).

O paciente está ferido por tiro na região abdominal, porém, não corre risco de morte. O estado de saúde é considerado estável e por enquanto, ele não deve ser submetido a cirurgia para remoção do projétil que ficou alojado no corpo. O suspeito é mantido sob escolta da polícia.

OUTRO MORTO
Já na madrugada desta segunda-feira (9), outro homem morreu em troca de tiros com a Polícia Militar, em Araçatuba. Com ele foi apreendido um GM Astra, como placas de Birigui, e um revólver calibre 32, carregado com três munições deflagradas e duas intactas. A polícia ainda apura se o caso está relacionado com a tentativa de furto em Flórida Paulista.

Por enquanto, o que se sabe é que a ocorrência teve início por volta das 2h, na rua Brigadeiro Faria Lima, entre os bairros Verde Parque e Águas Claras. Três suspeitos que estavam no veículo teriam fugido da abordagem policial, ingressado na estrada vicinal Caran Rezek, onde os ocupantes o abandonaram.

Ao descer do carro, eles teriam atirado em direção aos policiais da Força Tática, que revidaram. Um dos suspeitos foi baleado e morreu no local, enquanto os outros dois conseguiram fugir. A polícia realiza buscas para tentar localizá-los.

LINK CURTO: http://folha.fr/1.398508