Mato alto toma conta em lote e local está servindo de ponto de descarte de materiais e animais mortos

Terreno abandonado na Floriano Peixoto preocupa vizinhança

Um terreno abandonado com mato alto e lixo tem incomodado os moradores da rua Floriano Peixoto, no Jardim Paulista, em Araçatuba. O mato chegou a invadir a calçada, o que impede a passagem dos pedestres. Devido às condições do local, o aposentado Antônio Montebeller, de 73 anos, pede uma solução urgente para o problema.

De acordo com ele, a área está assim há anos e que, com o passar do tempo, animais peçonhentos começaram a surgir em sua casa. O aposentado acrescentou que o mato alto põe em risco a segurança, pois malfeitores podem utilizar o espaço como esconderijo. 

“Temos medo de alguém se esconder e fazer algo ruim, não apenas para os moradores, mas também quanto aos pedestres que caminham pela rua diariamente”, disse. Montebeller observou que o terreno se tornou ponto de descarte de animais mortos e materiais, causando mau cheiro. “Faz tempo que a última limpeza foi feita no terreno. Se isso não acontecer regularmente, os ratos e baratas podem voltar e até outros bichos, como escorpiões”, ressaltou.

OUTRO LADO
A Prefeitura não informou quando o problema será resolvido no local. Em nota, a administração informou apenas que notificou todos os donos de terrenos, por meio de edital publicado em 24 de novembro. “Desde então, todos estão sujeitos à multa, cuja fiscalização é feita por meio da equipe de fiscais”, destacou. 

O Executivo acrescentou que, em 2017, foram lançados 89 autos de infração, num total de R$ 64.581,49. Desta quantia, foram recebidos apenas R$ 5.687,53. “A dívida restante está em processo de cobrança via judicial”, destacou.

PARTICIPE DO DISQUE-FOLHA
Defenda seus direitos e sua cidade. Ligue para a Redação: (18) 3636-7774, envie e-mail para disquefolha@folhadaregiao.com.br ou mensagem pelo Whatsapp: (18) 99663-5314.

Leia aqui outras reportagens da coluna.

LINK CURTO: http://folha.fr/1.386582