Taxistas deixam de receber corrida com adolescente "pai de santo"

Um casal de taxistas procurou a polícia, na madrugada desta terça-feira (5), em Araçatuba, para denunciar que deixou de receber por uma corrida feita para um adolescente de 16 anos, até a cidade de Buritama (a 55 km). Eles levaram o jovem até a delegacia e no momento do registro do boletim de ocorrência, o taxímetro já marcava R$ 500,00. 
 
As vítimas contaram que foram contratadas pelo adolescente para levá-lo até Buritama, sendo combinado o valor de R$ 120,00. O garoto disse que é "pai de santo" e teria sido contratado por uma mulher para realizar um trabalho para ela. Quando o táxi chegou ao local indicado, em Buritama, a suposta contratante do serviço não foi localizada.

CONSELHO TUTELAR 
Como o adolescente disse que não tinha como pagar pela corrida, as vítimas voltaram a Araçatuba e procuraram a delegacia para registrar boletim de ocorrência. Segundo o taxista, o garoto concordou em pagar o valor devido na próxima semana.
 
Segundo o registro, ele é de Presidente Prudente e não tem familiares em Araçatuba. Os policiais ligaram para o Conselho Tutelar, mas as ligações não foram atendidas, segundo o boletim de ocorrência.

LINK CURTO: http://folha.fr/1.377397