Área de shows foi coberta na edição de 2017, mas empresa afirmou que deixará de utilizar o equipamento

Shows da Expô Araçatuba não serão cobertos na edição de 2018

Empresa recebeu multas da Vigilância Sanitária

A arena de shows do recinto de exposições Clibas de Almeida Prado não terá cobertura na Expô 2018. Assim, o público voltará a ficar exposto às instabilidades do tempo para o próximo ano. A decisão foi tomada pela Rural Eventos, empresa responsável pela área de entretenimento da Expô, em decorrência de multa aplicada pelo Serviço de Vigilância Sanitária do Estado de São Paulo, que alega ter encontrado pessoas fumando no espaço coberto.

Segundo a empresa, todas as medidas preventivas para o cumprimento da lei estadual 13.541, de maio de 2009, que proíbe o uso de cigarros em recintos fechados, foram tomadas. Adesivos com o símbolo da proibição de fumar foram colados em todos os todos os pilares do recinto coberto e o serviço de som oficial do evento veiculou mensagens que alertavam o público em relação à proibição.

O serviço de segurança contratado também esteve atento em relação ao uso do cigarro na arena coberta. “Mas, como impedir em meio à multidão que alguém fume?”, questiona a direção da empresa, em nota divulgada na tarde de terça-feira (18) pela assessoria de imprensa. O valor da multa não foi informado. O texto critica a ausência de campanhas educativas e de fiscalização preventiva do órgão estadual em relação aos fumantes encontrados infringindo a lei. "Ações que poderiam potencializar os resultados esperados".

COBERTURA
De acordo com a Rural Eventos, os cinco mil metros quadrados da arena de shows foram cobertos por material especialmente desenvolvido para eventos ao ar livre para proteger contra frio e chuva e foi das principais novidades da edição da Expô deste ano. "O design incorporou beleza ao recinto de exposições. A novidade foi bem recebida pelos visitantes e expositores. Os artistas também elogiaram", afirma.

LINK CURTO: http://tinyurl.com/y7yswy2o