Procedimento é realizado por equipes do Hospital Beneficência Portuguesa, de São Paulo

Santa Casa de Araçatuba capta órgãos de paciente com hemorragia

Fígado, rins, córneas e tecido ósseo de um paciente de 52 anos, de Mirandópolis, são captados na Santa Casa de Araçatuba desde o início da manhã desta quarta-feira (11). Segundo a assessoria de imprensa do hospital, o procedimento é realizado por equipes do Hospital Beneficência Portuguesa, de São Paulo; do Hospital de Base de São José do Rio Preto; e do Banco de Ossos de Marília.

De acordo com a Santa Casa, o paciente foi vítima de hemorragia chamada subaracnóidea, causada por um aneurisma que provoca derramamento de sangue no espaço compreendido entre o cérebro e a camada que o rodeia.

Ele foi atendido inicialmente no hospital da cidade e deu entrada na Santa Casa de Araçatuba na última se segunda-feira (9). "Apesar do tratamento intensivo, o quadro clínico evoluiu para morte encefálica constatada ontem (10) e a esposa autorizou a doação dos órgãos", informa a assessoria.

O procedimento de capitação começou às 9h e é a primeira operação do tipo realizada pelo hospital neste ano. Entretanto, em 2016 foram 14 procedimentos para captação de órgãos em pacientes em óbito cerebral que se tornaram doadores por meio de autorizações oficializadas por familiares abordados pela CIHT (Comissão Intra-Hospitalar de Transplantes) da Santa Casa de Araçatuba.