Fotos: Ivan Ambrósio/Folha da Região/ - 21/12/201

Ritinha Prates inaugura oficina ortopédica que vai beneficiar a região

A partir de agora, fabricação de peças será feita em curto espaço de tempo

A região de Araçatuba ganhou, no último dia 19, uma oficina de prótese (aparelho que substitui um segmento do corpo) e órteses (aparelhos que auxiliam um órgão ou função deficiente). Isso significa que, a partir de agora, a fabricação das peças será feita em um curto espaço de tempo, facilitando a vida de quem precisa dos produtos para se locomover ou ter uma maior independência.

A unidade pertence à Associação de Amparo ao Excepcional Ritinha Prates, de Araçatuba. Para isso, a entidade investiu cerca de R$ 30 mil na adequação do espaço e na compra de materiais. O coordenador da reabilitação física, Marcos Adriano Mantovan, disse que, antes, os pacientes precisavam se deslocar até a Rede de Reabilitação Lucy Montoro, em São José do Rio Preto, para receber os equipamentos.

“A instalação da oficina acabará com esse calvário, pois alguns precisavam viajar até oito vezes por mês e suprir essa necessidade, de atender a todos, oferecendo uma melhor qualidade de vida”, explicou. Ele destacou que muitos dos pacientes iam até Rio Preto, mas não conseguiam o equipamento, em razão da alta demanda e pelo fato de a unidade atender toda a região noroeste.

“Há uma fila de 100 pessoas aguardando por um dos equipamentos há mais de um ano”, lembrou. Conforme levantamento da associação, cerca de 100 pacientes esperam por uma prótese, que pode custar até R$ 4 mil, quando adquirido pelo SUS (Sistema Único de Saúde).

LINK CURTO: http://folha.fr/1.381797