Reunidas alerta passageiros sobre a febre amarela

Após a febre amarela ter matado um homem de 52 anos, morador de Ribeirão Preto, no final do ano passado, a empresa de transporte Reunidas Paulista, de Araçatuba, decidiu promover campanha de orientação sobre a doença aos passageiros da região que se deslocarem ao município com o registro de óbito.

Além de Ribeirão, a cidade de Bady Bassit, na região de São José do Rio Preto, também teve morte em humano pela febre amarela em abril de 2016.

Segundo a gerente administrativa da empresa, Vivian de Castilho Barduci Souza, panfletos cedidos pela Vigilância Sanitária de Araçatuba serão entregues aos clientes a partir da próxima segunda-feira.

“Serão entregues, no ato da venda das passagens para os clientes que adquirirem destinos como Ribeirão Preto e região”, informou ela, ao citar que a Reunidas transporta, em média, 12 mil passageiros, por mês, a Ribeirão Preto. A empresa possui dois horários diários com partida de Araçatuba, e um horário saindo de Andradina, com entrada em Mirandópolis, Valparaíso, Birigui, Penápolis e Lins.

Além da empresa de transporte terrestre, o governo paulista vai reforçar a importância da proteção contra a febre amarela, com base na orientação à população e intensificação de medidas preventivas. No ano passado, até 12 de dezembro, foi confirmada a doença em 24 macacos, nas regiões de Ribeirão, Barretos e Rio Preto.