Reeducando aproveita trabalho externo e foge do CR de Araçatuba

Um reeducando de 38 anos, que cumpre pena no regime semiaberto do CR (Centro de Ressocialização) de Araçatuba, fugiu na manhã do último domingo (31). O boletim de ocorrência comunicando o caso foi registrado na noite de terça-feira (2).

Segundo o registro, ele fazia serviço de manutenção na área externa do prédio e aproveitou para fugir, por volta de 10h, escalando o alambrado. O caso foi comunicado à Polícia Militar e à direção do presídio, que determinou o registro do boletim de ocorrência.

NOTA
De acordo com nota divulgada nesta quarta-feira (3) pela SAP (Secretaria da Administração Penitenciária), o reeducando estava na unidade desde 12 de setembro, procedente do CPP (Centro de Progressão Penitenciária) "Dr. Javert de Andrade", de Rio Preto. Ele cumpria pena de oito anos em regime semiaberto. 

"Ressalvamos que o CR de Araçatuba é uma unidade de regime semiaberto, e conforme determina a legislação brasileira, não dispõe de muralhas nem segurança armada, sendo cercada por alambrados", afirma a assessoria da SAP. "A permanência do preso nesse regime se dá mais pelo senso de autodisciplina do que a mecanismos de contenção. Os presos que cumprem a pena em regime semiaberto podem obter permissão para trabalhar e estudar fora da unidade penal e, pela Lei de Execução Penal, poderão visitar os familiares em cinco ocasiões do ano."

ALAS
Instalado no bairro Aviação, o CR de Araçatuba tem duas alas, uma para receber presos no regime fechado e outra para o semiaberto. A primeira tem capacidade para 142 homens, mas estava com 143 em 29 de dezembro. Na segunda, a lotação é maior, pois, apesar de a capacidade ser para 72 reeducandos, havia 82 no dia 29, segundo divulgado pela SAP.

Presos do regime semiaberto da unidade beneficiados com a saída temporária de final de ano ganharam a liberdade em 28 de dezembro e deveriam retornar no final da tarde desta quarta-feira (3). Os que não retornam, perdem o direito à progressão da pena e voltam para o regime fechado.

LINK CURTO: http://folha.fr/1.382180