Edna Flor quer defender os direitos de quem possa ter sido agredido

Quer acompanhar

Periscópio

A vice-prefeita Edna Flor (PPS) convocou na manhã de ontem o secretário de Segurança, Erivaldo Gomes Assêncio, para uma reunião como o objetivo de informá-lo de que faz questão de acompanhar todas as audiências da sindicância para averiguar o caso de um guarda municipal que destratou um homem na rodoviária de Araçatuba. A pessoa estava com passagem comprada para Valparaíso. A pepessista falou que, mais do que apenas acompanhar o amplo direito de defesa do guarda municipal, ela quer defender os direitos de quem foi ou que possa ser agredido, e que vai trabalhar por uma ação de atitude cidadã.
Vandalismo

O prefeito Dilador Borges (PSDB) gravou um vídeo sobre atos de vandalismo praticados em vias, praças e escolas de Araçatuba recentemente. “Não é possível conviver com esse tipo de gente. Temos ouvido falar que são coisas orquestradas para atingir o nosso governo. Mas não está atingindo o prefeito, a vice-prefeita ou os vereadores, nem os secretários. Está atingindo a nossa sociedade”, afirmou o tucano. Segundo Dilador, até mesmo a pessoa que comete as depredações também pode estar sendo prejudicada ou prejudicando alguém próximo.

Apelo

“Não podemos mais conviver com esse tipo de coisa. Vamos ter juízo, vamos refletir. Se queremos um mundo melhor, isso vai depender de cada um de nós”, disse o chefe do Executivo, que acrescentou que não quer acreditar na possibilidade do vandalismo ter como motivo prejudicar a atual gestão, pois não pode concordar com a existência de gente com mentalidade tão pequena.

Apresentação

O novo secretário-adjunto da pasta de Emprego e Relações do Trabalho do Estado de São Paulo, o jornalista e empresário araçatubense Bruno Maluly Guglielmi, foi apresentado ontem à tarde aos colaboradores da secretaria. O titular da pasta, Cícero Firmino da Silva, participou da cerimônia, que foi conduzida pelo chefe de gabinete, Pedro Nepomuceno.

Honra

Durante sua fala, Maluly voltou a comentar sobre a honra de ocupar o cargo em secretaria de que seu avô, o ex-prefeito Jorge Maluly Neto, já falecido, foi titular entre 1975 e 1976, “com pessoas que desenvolvem um trabalho tão importante e tão bonito”. “Fala-se muito em crise, em problemas. Com emprego, muitos deles se resolvem, a economia se movimenta, a pessoa não vai para o crime, desonerando o sistema prisional”, disse Maluly.

Requerimento

Além do requerimento sobre a suspensão dos exames de mamografia (leia mais em reportagem nesta página) no Hospital da Mulher, a Câmara aprovou outro requerimento do vereador Arlindo Araújo (PPS). O parlamentar quer saber qual foi o valor repassado ao município pelo governo estadual, referente ao IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores), e onde esse recurso foi aplicado.
LINK CURTO: http://folha.fr/1.403945