Araçatuba viveu na madrugada de 16/10/2017 a maior ação criminosa de sua história. Vinte anos após bandidos terem saqueado R$ 1,7 milhão de sua sede, a Protege, empresa de segurança de valores, foi alvo de novo mega-assalto.

Quanto roubaram desta vez? Mistério.

Mas a quantia levada é só uma das questões que aguardam respostas. Juntos, outros crimes, ocorridos em curto espaço de tempo, esperam esclarecimentos: a morte do policial André Ferro, o cerco ao quartel da PM e a destruição de veículos e moradia. Palco dessas cenas, o bairro Santana, cuja ocupação começou no final da década de 1930, jamais esquecerá desse dia. Idem, o Interior, cada vez mais refém do crime organizado.



REPORTAGENS SOBRE O ASSALTO:

Bandidos armados assaltam a Protege de Araçatuba e atacam quartel da PM

Um policial civil foi assassinado; VEJA VÍDEOS E FOTOS


CAPA DA FOLHA DA REGIÃO DE 17/10/2017:


Reportagens especiais



Colunas e coberturas especiais