Araçatuba viveu na madrugada de 16/10/2017 a maior ação criminosa de sua história. Vinte anos após bandidos terem saqueado R$ 1,7 milhão de sua sede, a Protege, empresa de segurança de valores, foi alvo de novo mega-assalto.

Quanto roubaram desta vez? Mistério.

Mas a quantia levada é só uma das questões que aguardam respostas. Juntos, outros crimes, ocorridos em curto espaço de tempo, esperam esclarecimentos: a morte do policial André Ferro, o cerco ao quartel da PM e a destruição de veículos e moradia. Palco dessas cenas, o bairro Santana, cuja ocupação começou no final da década de 1930, jamais esquecerá desse dia. Idem, o Interior, cada vez mais refém do crime organizado.



REPORTAGENS SOBRE O ASSALTO:

Delegado-geral acompanha enterro de policial assassinado em Araçatuba

"É um dos nossos heróis que se vão", afirmou; VEJA FOTOS E VÍDEO

A força do crime organizado

Nos últimos anos, não têm sido poucas as ações de facções criminosas em cidades do Interior

Caso Protege: assalto ocorre exatos 20 anos após primeiro crime

Na ocasião, porém, não houve tiroteio e nem explosões

Ataque à Protege: policial seguia para delegacia quando foi morto

Delegado havia convocado GOE por causa do assalto

Protege afirma que vigias estavam em segurança durante assalto

Empresa foi atacada por quadrilha fortemente armada

Quadrilha estaria em Araçatuba havia pelo menos um mês, acredita delegado

Polícia Civil vai trocar informações com outras cidades; VEJA VÍDEO

PMs resistiram heroicamente, segundo comandante

Coronel estava no quartel quando bandidos atacaram; VEJA VÍDEO

'Soltaram uma bomba e fomos rastejando', afirma vizinho da Protege

Folha ouviu depoimento de dois moradores; ASSISTA VÍDEO

Assalto à Protege: Faculdade suspende aulas e estudantes são dispensados

Imediações da instituição de ensino foram interditadas

Assalto à Protege: PM encontra carro e rancho que podem ter sido usados por bandidos

Dentro do automóvel, foram localizados diversos pregos

Explosão na Protege de Araçatuba prejudicou casas vizinhas

Um dos imóveis pode ter estrutura comprometida; VEJA VÍDEO

Quadrilha com cerca de 40 pessoas utilizou 13 veículos em assalto à Protege

Não foi informado quanto em dinheiro foi levado da empresa


CAPA DA FOLHA DA REGIÃO DE 17/10/2017:


Reportagens especiais



Colunas e coberturas especiais