Parte de prédio da Protege, onde estava cofre, ficou destruído

Protege afirma que vigias estavam em segurança durante assalto

Empresa foi atacada por quadrilha fortemente armada

A direção da Protege afirmou, no fim da tarde desta segunda-feira (16), que todos os vigilantes da empresa encontram-se em segurança no momento em que foi atacada por uma quadrilha fortemente armada. Os bandidos usaram dinamite para explodir a sede da transportadora de valores, na rua Dona Ida, no bairro Santana, e levar dinheiro. O valor não foi divulgado.

Em nota enviada à Folha, a empresa afirma que está colaborando com as autoridades na investigação. "A Protege informa ainda que cumpre rigorosamente a legislação em vigor do setor, atividade regulamentada pela Polícia Federal e demais órgãos competentes, e investe constantemente em novas tecnologias para aprimorar suas operações", conclui.

LINK CURTO: http://folha.fr/1.367974