Placa de sinalização que teria sido arrancada por professor para agredir outro homem foi apreendida

Professor é preso após ameaçar homem com placa de sinalização

Sem direito a fiança

Um professor de 34 anos, morador no bairro Umuarama, em Araçatuba, foi preso na noite de domingo (13) acusado de tentar agredir um homem utilizando uma placa de sinalização de parada obrigatória. Ele deve responder por lesão corporal, resistência e dano ao patrimônio público.

Segundo o boletim de ocorrência, policiais militares foram chamados na rua Dirceu Gonçalves dos Santos, após denúncia de que o professor teria agredido um lavador de carros de 42 anos, residente no bairro Concórdia, com uma barra de ferro. A agressão, segundo a polícia, teria ocorrido porque um filho da vítima cumprimentou o acusado.

Ainda, de acordo com o boletim de ocorrência, o professor arrancou a placa de "Pare" instalada no cruzamento das ruas Manoel Baltazar Sobrinho com a rua Dirceu Gonçalves dos Santos, e tentou agredir novamente o lavador de carros.

Os policiais informaram que encontraram o professor bastante alterado, aparentando estar embriagado, e que ele tentou agredir as pessoas que estavam presentes. Por isso, foi necessário utilizar a força e um dos policiais que atenderam a ocorrência sofreu lesões.

Após o professor ser detido e levado para a delegacia, equipe do IC (Instituto de Criminalística) realizou perícia no local e a placa removida pelo acusado foi recolhida.

Devido à soma das penas dos crimes que em tese foram cometidos pelo acusado ultrapassar quatro anos, o delegado plantonista deixou de arbitrar fiança e ele ficou à disposição da Justiça.

LINK CURTO: http://folha.fr/1.404378