Policiais têm casa invadida e são baleados durante assalto em Araçatuba

Casal está internado; mulher ferida na perna e homem no rosto

Dois policiais militares foram baleados na noite de terça-feira (6) por ladrões que invadiram a casa onde eles moram, no bairro Monte Carlo, para roubar. O policial levou dois tiros no rosto e a mulher dele foi ferida em uma das pernas. Os dois foram hospitalizados. Na residência também estava um filho do casal, que não foi ferido.

Durante o dia, cinco pessoas foram detidas suspeitas de participação no assalto, entre elas, um adolescente. Até a conclusão desta reportagem, a polícia não tinha confirmado se seriam presas.

A tentativa de latrocínio aconteceu pouco antes das 23h. O policial militar de 50 anos e a esposa dele, também policial militar, 44, tinham acabado de colocar o filho de 11 anos para dormir quando foram surpreendidos por dois assaltantes no corredor que leva ao quarto da criança.

Os ladrões, que usavam bonés e escondiam os rostos, estavam armados e disseram que sabiam que havia dinheiro na residência. Com as armas apontadas para as cabeças das vítimas, eles mandaram dizer onde estava o dinheiro.

A policial dizia a todo tempo que não tinha dinheiro na casa e pedia para levarem o que quisessem. Enquanto o casal ficou sob a mira do revólver de um dos assaltantes, o outro passou a vasculhar a residência, a procura de dinheiro.

CORONHADA
O ladrão que vigiava as vítimas chegou a pedir a chave do carro que estava na garagem. Quando a policial disse que não sabia onde ela estava e se ofereceu para procurá-la, foi agredida com uma coronhada na cabeça.

Logo em seguida, o assaltante que vasculhava o imóvel retornou nervoso e disse para o comparsa que os moradores eram policiais, o que constatou após encontrar as fardas das vítimas. Ele apontou a arma para a cabeça da policial e atirou três vezes, mas ela falhou.

LUTA CORPORAL
Aproveitando-se da situação, o policial militar entrou em luta corporal com os assaltantes, mas foi ferido por disparos feitos por eles e caiu no chão. Os ladrões saíram correndo em direção ao quintal da residência, atirando contra as vítimas. A policial foi ferida por um dos disparos quando tentava sair de casa para pedir ajuda.

Ela retornou para a residência e telefonou para a Polícia Militar, relatando o crime. Equipes da polícia foram à casa das vítimas e encontraram o policial caído na cozinha, de bruços, ao lado da mulher. Eles mesmos socorreram o casal. A policial foi levada para o hospital Unimed, enquanto o policial ferido foi encaminhado para o pronto-socorro da Santa Casa.

Segundo a polícia, o estado de saúde dele era considerado grave. Um dos tiros atingiu o lado esquerdo do rosto do paciente e o projétil ficou alojado no céu da boca. O outro entrou na região abaixo da orelha direita e ficou alojado próximo à coluna cervical. A assessoria de imprensa da Santa Casa informou que o paciente deveria passar por cirurgia na boca nesta quinta-feira (8).

LINK CURTO: http://folha.fr/1.388011