Polícia vai investigar morte de funcionário público

Companheiro da vítima contou que ela sofria de insônia

A Polícia Civil de Araçatuba deve instaurar inquérito para apurar as causas da morte de um funcionário público municipal de 53 anos, ocorrida na madrugada desta segunda-feira (15), no pronto-socorro do bairro Santana.

O companheiro da vítima, de 36 anos, contou que ela sofria de insônia, foi até uma farmácia no município no domingo (14) e adquiriu por conta própria um medicamento, o qual não soube informar o nome.

Durante a tarde, o casal esteve em uma festa na casa de amigos e, por várias vezes, a testemunha viu a vítima ingerir os medicamentos junto com bebida alcoólica.

Quando o casal já estava em casa, no período da noite, a testemunha disse que ouviu o funcionário público pedindo socorro quando estava no banheiro. Ela o encontrou sentado no vaso sanitário, com falta de ar e bastante debilitado.

O próprio companheiro o levou até o pronto-socorro, onde foi prestado o atendimento de emergência pela equipe médica, mas o paciente não resistiu.

Como o médico plantonista não atestou a causa da morte, o corpo foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) para exame necroscópico. Não há informações sobre horário e local de velório e enterro.

LINK CURTO: http://folha.fr/1.384096