Polícia procura homem que atirou em carro após discussão em condomínio de Araçatuba

A Polícia Civil de Araçatuba procura um homem de 30 anos, acusado de atirar seis vezes contra um veículo dentro de um condomínio de casas no Jardim Aeroporto, na noite de terça-feira (23). Várias pessoas estavam dentro do carro atingido, mas ninguém se feriu.
 
Segundo o boletim de ocorrência, o caso aconteceu por volta das 21h. A vítima, um mestre de obras de 45 anos, disse à polícia que o acusado foi síndico do condomínio e acusou um enteado dela de estar praticando furtos.
 
Diante das acusações, na noite de terça-feira, o mestre de obras foi tirar satisfações com o ex-síndico, eles se desentenderam e o acusado teria pego um facão.
 
Testemunhas disseram à polícia que, passado algum tempo, a vítima foi até a casa do ex-síndico acompanhado de outras seis pessoas na tentativa de invadir o imóvel. Ainda de acordo com o que foi relatado, o acusado apareceu armado com um revólver e todos correram para o interior de um veículo VW Fox.

SEIS VEZES 
O ex-síndico teria atirado seis vezes contra o carro, que ficou com três perfurações na parte traseira esquerda e teve o pneu traseiro esquerdo estourado. Após os disparos, o acusado deixou o local em um Toyota Etios.
 
A Polícia Militar foi chamada e o carro baleado passou por perícia. O pneu estourado foi apreendido para remoção do projétil, que também deve ser periciado. Os outros projéteis não foram localizados. O caso foi registrado como disparo de arma de fogo.

LINK CURTO: http://folha.fr/1.385753