Polícia prende homem em carro com rodas de veículo roubado

Veículos foram encontrados em bairros diferentes

A Polícia Militar de Araçatuba prendeu na noite de quinta-feira (11), um pintor de 21 anos, morador no bairro Mão Divina, em um carro que estava com as quatro rodas de um Golf roubado 20 dias atrás, durante assalto a uma residência no bairro Guanabara. Na casa dele foram encontradas bijuterias roubadas de uma das vítimas e uma pistola.

Na ocasião, três pessoas que estavam na residência foram rendidas por dois ladrões. As vítimas tiveram os braços amarrados e foram mantidas no cômodo por um dos assaltantes, enquanto o outro abriu o portão para mais dois bandidos entrarem. Os assaltantes fugiram com dois carros, um VW Golf e um Toyota Corolla, levando aparelhos eletrônicos, joias e dinheiro.

O Corolla foi encontrado no final da rua Água Funda, no bairro São José, com algumas bijuterias, e o Golf abandonado no final da rua Paulino Gato, no Mão Divina, sem as quatro rodas e o estepe.

FLAGRANTE
O flagrante aconteceu após denúncia de que um Audi A3 que estaria circulando pelo bairro São José estaria com as rodas retiradas do Gofl roubado. O veículo não foi encontrado pelo bairro, mas quando a equipe patrulhava pelo residencial Porto Real, deparou-se com o Audi parado em uma rua.

Ao perceber a aproximação da viatura, o pintor saiu andando com o veículo, mas foi abordado. Ele estava acompanhado da namorada. Os policiais fotografaram as rodas do carro e mandaram pelo aplicativo whatsapp para o proprietário do Golf roubado, que as reconheceu.

PISTOLA
A equipe então seguiu com o acusado até a casa dele, onde foi encontrada uma pistola calibre 380, pintada de preto, e algumas bijuterias, também reconhecidas por uma das vítimas do roubo. Outras cinco rodas esportivas foram encontradas em uma dispensa nos fundos do imóvel.

O acusado disse que comprou as rodas, mas não soube informar de quem; alegou que possuía as bijuterias há muito tempo; e sobre a arma, assumiu que era dele. No Audi, os policiais encontraram ainda uma bateria de torre de celular usada para abastecer o som, cuja procedência ele não soube informar.

O proprietário do Golf também reconheceu o chaveiro que estava na chave do Audi como sendo o que tinha no carro dele. O pintor foi preso em flagrante por receptação, por posse ilegal de arma de fogo e na manhã desta sexta-feira (12) seria apresentado no Fórum para audiência de custódia.

LINK CURTO: http://folha.fr/1.383670