Polícia Civil investiga possível caso de estupro

A Polícia Civil vai investigar a denúncia de um possível caso de estupro, que teria ocorrido na rua Cláudio Dionísio Sanches de Souza, no bairro Águas Claras, em Araçatuba, durante a madrugada deste domingo (4).

A vítima é uma mulher de 37 anos. Ela contou aos policiais que atenderam a ocorrência que estava com o suspeito, um construtor de 40 anos, e com suas filhas bebendo em um bar. Uma delas pediu para que ele levasse a mãe para casa, sendo que o homem aceitou.

Porém, a vítima contou que o indiciado ficou dando voltas com o carro e foi até a casa dele, que fica em uma pensão. Dentro da residência, ele teria colocado um filme pornográfico na televisão e passou a agarrá-la.

Segundo a mulher, mesmo ela pedindo para que o construtor parasse, ele retirou sua roupa e forçou uma relação sexual. Em seguida, o suspeito a levou até a casa da mãe dela, que morava ao lado. A vítima contou aos seus parentes o que ocorreu e um dos filhos dela deu um soco na boca do suspeito.

O construtor se apresentou espontaneamente aos policiais e falou que tinha um relacionamento com a vítima há dois anos e que de vez em quando eles ficavam, sendo que ela faz o serviço de faxina em sua casa. O suspeito contou ainda que tinha mensagens trocadas com a mulher que poderiam provar o que ele estava dizendo.

A vítima foi medicada e passou por exames no pronto-socorro Dona Ida.

LINK CURTO: http://folha.fr/1.387465