Clícia Quadros: “Família e os amigos mais próximos são essenciais para a recuperação do paciente com câncer”

Outubro Rosa: o papel da família e da ida ao médico

Câncer de mama acomete mulheres em todo o mundo

Outubro é o mês de conscientização para uma doença que acomete mulheres em todo o mundo, o câncer de mama. 
 
De acordo com o Inca (Instituto Nacional de Câncer), trata-se da maior causa de morte no Brasil. Os números chegam a assustar: em 2017, a estimativa é de que pelo menos 57 mil mulheres desenvolvam a doença. Não é à toa que este mês passou a ser batizado como “outubro rosa”, numa forma de orientar as mulheres, em geral, para o problema.
 
Nesta entrevista, a ginecologista Clícia Quadros dá algumas dicas de prevenção. Ela tem graduação pela Fameca (Faculdade de Medicina de Catanduva), onde também fez residência em obstetrícia e pós-graduação. Recebeu ainda título de especialista em ginecologia e obstetrícia e o certificado de atuação em ultrassonografia em ginecologia e obstetrícia. 
 
O que é o câncer de mama?
O câncer de mama é uma doença causada pela multiplicação de células anormais da mama, que formam um tumor benigno ou maligno. A doença acontece quase exclusivamente em mulheres, mas existem alguns casos em homens. Para uma célula ser considerada cancerígena é necessário que ocorram mutações no material genético de uma ou mais células e estas adquiram a capacidade não só de se dividir, mas também de evitar a morte celular desta célula que está com o material genético alterado.