Negócio administrado por João Paulo possui mais de três mil clientes e faturamento de R$ 7 milhões no ano passado

Ontem, estagiário; hoje, dono da empresa

Estagiar enquanto estuda, dominar as novas tecnologias e ter capacidade de empreender. Três elementos, hoje considerados fundamentais para quem está atrás de uma oportunidade no mercado de trabalho, ajudaram um certo João a trilhar, em tão pouco tempo, carreira de sucesso no mundo dos negócios.

Aos 33 anos de idade, João Paulo Gonçalves é dono de uma empresa em Presidente Prudente, também com atuação em Araçatuba e Birigui, onde, em 2003, começou como estagiário. O estágio conquistado na empresa, que presta serviço como plataforma responsável por conectar negócios locais a potenciais clientes, foi o primeiro emprego de João Paulo. 

A obtenção da vaga se deu por meio de parceria da firma com o Ciee (Centro de Integração Empresa-Escola), atualmente, porta de entrada para inúmeros jovens interessados em uma oportunidade de trabalho na área em que estudam. Então estudante universitário de computação, ele foi trabalhar no setor de design gráfico. 

Eram outros tempos. O conhecimento sobre Coreldraw, programa utilizado pelos profissionais do ramo, fora obtido por meio de leitura de livros. "Hoje é diferente. O pessoal, em geral, aprende pela internet", diz o jovem gestor, lembrando que, no teste feito há 15 anos, havia outros três concorrentes.

Leia esta notícia na íntegra em nossa edição digital para assinantes
LINK CURTO: http://folha.fr/1.388756