Empresa diz que faz ações que podem atrapalhar o trânsito e comércio quando são emergenciais; no destaque, Beatriz

Obras da Samar são motivo de reclamação em Araçatuba

Vereadora quer informações sobre conduta da concessionária

Obras para reparos realizadas pela Samar (Soluções Ambientais de Araçatuba) na região central da cidade levaram a vereadora Beatriz Nogueira (Rede) a apresentar um requerimento solicitando informações à concessionária. Segundo ela, essas intervenções têm causado reclamações, principalmente de comerciantes.

A parlamentar afirma no requerimento aprovado que obras foram realizadas recentemente em vias de grande fluxo, várias delas na região central da cidade. Além de causar transtornos no trânsito, elas foram motivo de reclamações por comerciantes, que teriam sentido queda no movimento pela dificuldade no acesso às lojas deles.

Entre as vias que teriam passado por intervenções, com necessidade de interrupção do tráfego de veículos, estão as ruas Baguaçu, Luiz Pereira Barreto, Euclides da Cunha, Pedro de Toledo, Oscar Rodrigues Alves, Bernardino de Campos, Carlos Gomes, Duque de Caxias, Tabajaras e Armando Sales de Oliveira.

Segundo Beatriz, essas obras foram executadas em horário comercial, durante a semana, provocando longas filas de veículos. Outro questionamento feito por ela é com relação à sinalização, pois não havia placas para orientar os motoristas sobre rotas alternativas, segundo o requerimento.

Ela quer que a Samar informe se em caso de obras não emergenciais, a Secretaria de Mobilidade Urbana é consultada antes de interromper o trânsito e como é feita a sinalização. Por fim, questiona se os comerciantes são ouvidos para não comprometer o acesso aos estabelecimentos quando as intervenções ocorrem em horário comercial.

URGENTE
Segundo a concessionária, as obras realizadas nas ruas citadas no requerimento foram todas emergenciais, devido a rompimento de adutoras ou vazamentos de esgoto, problemas que necessitam de intervenção imediata.

A Samar afirma ainda que toda obra emergencial é comunicada imediatamente, por e-mail, aos órgãos de imprensa, à agência reguladora (Daea), à Secretaria de Mobilidade Urbana, às secretarias de Educação do município e do Estado e à Santa Casa. As informações também são postadas no site e na página do Facebook da empresa.

“As obras são precedidas de isolamento e sinalização da área com indicações para desvio do trânsito e a Samar evita, ao máximo, fazer intervenções que prejudiquem o trânsito e o comércio durante o horário de expediente”, informa em nota.

ANTECEDÊNCIA
A concessionária explica, ainda, que nos casos de manutenções programadas para novas ligações ou manutenção de reservatórios, comunica todos os órgãos de imprensa, agência reguladora, secretarias e a Santa Casa com 15 dias de antecedência. E nos três dias que antecedem a ação, as informações são reforçadas.

Segundo a Samar, também são enviadas mensagens de SMS para os celulares de clientes cadastrados e publicados mapas com opções de desvios do trânsito no site e na página do Facebook da empresa, além da publicação de anúncios pagos em emissoras de rádio de Araçatuba.

Por fim, a concessionária afirma que evita realizar manutenções programadas durante o dia, principalmente na região central de Araçatuba. Como exemplo, a Samar cita que a construção de 288 metros de rede de água para atender dois grandes empreendimentos nas ruas Cussy de Almeida e Carlos Gomes, será feita em quatro finais de semana, aos sábados e domingos, a partir do dia 16 de dezembro, para não prejudicar o trânsito e o comércio local.

LINK CURTO: http://folha.fr/1.377878

Curta nossa fanpage e receba notícias pelo Facebook