Roberto Carlos de Figueiredo, 49 anos, de Guararapes, trabalhava na empresa desde 2014

Motorista morre e 20 se ferem em colisão de ônibus em rodovia

O motorista Roberto Carlos de Figueiredo, 49 anos, de Guararapes, morreu na colisão do ônibus que ele conduzia com um caminhão canavieiro na madrugada deste domingo (10), na rodovia Marechal Rondon (SP-300), em Lins.

Ele era funcionário da Reunidas Paulista, de Araçatuba, e transportava 33 passageiros em um ônibus que saiu de São Paulo às 21h15. Pelo menos 20 deles tiveram ferimentos e foram levados para hospitais de Lins.

Por volta das 12h, quatro vítimas permaneciam internadas em atendimento médico. Uma delas já havia passado por cirurgia. Nenhuma corre risco de morrer.

COLISÃO
De acordo com a Polícia Militar Rodoviária, a colisão aconteceu por volta das 4h30 no quilômetro 438,5, na pista oeste (capital-interior), a menos de seis quilômetros da base da Polícia Militar Rodoviária de Lins.

Os bombeiros de Lins tiveram apoio da equipe de resgate da concessionária Via Rondon, do Corpo de Bombeiros de Promissão e de ambulâncias para socorrerem as vítimas.

O corpo de Figueiredo chegaria a Guararapes por volta das 15h para ser velado. O enterro está marcado para as 9h de segunda-feira (11), no cemitério da cidade.

EMPRESA
A Reunidas Paulista informou que o motorista trabalhava na empresa desde março de 2014 e confirmou que dos passageiros feridos, um permanecia internado na Santa Casa de Lins e outros três no hospital Unimed da cidade em tratamento na tarde deste domingo, mas que nenhum corre risco de morte.

"Nossa equipe está prestando assistência aos passageiros e familiares para que todos sejam liberados e cheguem ao seu destino com segurança", informou por meio de nota.