causando transtorno para moradores

Morador indaga sobre condições das ruas no Hilda Mandarino

os buracos existem no local há mais de um mês

O eletricista Carlos da Silva, 42 anos, que reside na rua Dr. Masaharu Taniguchi, alega que é um descaso o que estão fazendo com o bairro e a cidade.
Silva conta que os buracos existem no local há mais de um mês e que já procurou a Sosp (Secretaria de Obras e Serviços Públicos) para resolver o problema.

"Fui na Sosp como um cidadão que paga os seus impostos questionar sobre o estado da rua e quando seriam feitos os reparos e me informaram que logo seria resolvido, porém até hoje nada foi solucionado", explicou.


Para o eletricista, a cidade está abandonada e ele entende que isso é um descaso com a população que cumpre com os seus deveres. Além dos transtornos que os buracos ocasionam, ainda tem o acúmulo de água, que faz do buraco um criadouro para o Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, chikungunya, zika e febre amarela. "Trabalhamos para pagar nossos impostos e cumprimos nossa obrigação. Por que o governo não faz o mesmo?", questionou.

OUTRO LADO
Em nota, a Prefeitura informa que a Sosp tem feito um trabalho diário de recuperação das vias. Acrescenta ainda que a demanda é muito grande e como o próprio jornal publicou na edição de sexta (27), na sessão Periscópio, novas equipes estão sendo contratadas para aumentar a capacidade no atendimento.

LINK CURTO: http://folha.fr/1.402105